HGG alerta para descarte incorreto de materiais no enxoval



Empresa responsável pela lavagem do enxoval, a Lavebrás devolve todos os meses os itens encontrados nas roupas sujas à administração da unidade hospitalar. Entre os materiais encontrados estão instrumentais cirúrgicos e artigos pessoais de pacientes e colaboradores

O descarte incorreto de materiais no enxoval, sobretudo os perfurocortantes, pode ocasionar em acidentes com os profissionais que realizam a coleta e lavagem das peças, além da perca dos instrumentais. No Hospital Alberto Rassi – HGG, este serviço de lavanderia é realizado pela empresa Lavebrás, que encaminha para a unidade hospitalar os itens encontrados no enxoval. De agosto do ano passado a agosto deste ano, 143 itens foram devolvidos à administração do HGG, entre pinças, cubas e bacias.

Segundo Alessandro Purcino, diretor administrativo do hospital, é comum serem recolhidos crachás, celulares, carteiras de certificação digital, alianças e outros itens que são esquecidos nos unissex utilizados pelos profissionais. Mas, também são recolhidas pinças e outros instrumentais que são dispensados em meio aos campos cirúrgicos utilizados em curativos e em cirurgias.

Alessandro explica que quando a Lavebrás devolve esses materiais encontrados no enxoval eles são entregues à Diretoria de Enfermagem, que discute juntamente com as gerências médica e de enfermagem do Centro Cirúrgico e das alas de internação sobre a conscientização dos profissionais para o descarte adequado tanto do enxoval quanto que dos instrumentais. “É muito importante a conscientização dos profissionais da saúde como médicos, enfermeiros, residentes, técnicos e auxiliares de enfermagem. Além de provocar um acidente com quem manuseia o enxoval no momento da lavagem, essas estatísticas entram para os nossos indicadores da ONA”, completa.



Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS