Goiânia, 18 de novembro de 2017    




Notícias

(19/10/2016) II Mutirão Nacional de Reconstrução Mamária tem início nesta sexta-feira

No dia 21 de outubro, a partir das 8 horas, no Hospital Alberto Rassi – HGG, Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) inicia cirurgias em pacientes pós-câncer de mama

O II Mutirão Nacional de Reconstrução Mamária, campanha solidária e humanitária promovida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), começa nesta sexta-feira, dia 21 de outubro, no Hospital Alberto Rassi –HGG, a partir das 8 horas. A iniciativa, que beneficiará cerca de 60 mulheres, é voltada exclusivamente para pacientes que necessitam de cirurgias reconstrutivas pós-câncer de mama e acontece durante a celebração da campanha Outubro Rosa.

O Mutirão, realizado em Goiás pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional Goiás (SBCP-GO), ocorrerá também no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (HC/UFG), Santa Casa de Misericórdia de Goiânia e Hospital Araújo Jorge. As operações acontecem até o dia 29 de outubro e serão realizadas nestes hospitais sem custos para as pacientes.

O presidente da SBCP-GO, Luiz Humberto Garcia de Souza, explica que as pacientes a serem operadas foram selecionadas entre cerca de 150 mulheres que se inscreveram para participar do mutirão. As inscritas passaram por uma triagem socioeconômica, que priorizou as pacientes de menor renda. No dia 17 de setembro, as aprovadas nesta primeira triagem foram avaliadas pela equipe médica, que selecionou as que serão operadas durante o mutirão e nos meses seguintes.

Nesta triagem, a SBCP-GO contou com o trabalho voluntário de médicos cirurgiões plásticos e residentes do HC, funcionárias do Setor de Mastologia do HC e acadêmicos da Faculdade Noroeste, que atuaram na organização do atendimento. O trabalho foi coordenado pelo médico Aloísio Garcia e acompanhado pelo presidente da SBCP-GO.

HGG

No Hospital Alberto Rassi - HGG, serão atendidas 20 pacientes. “Todas tiveram câncer e fizeram a retirada da mama. Em alguns casos, para a reconstrução mamária, serão utilizados músculos, gordura e pele da própria paciente, em outros, próteses”, explica o chefe do serviço de Cirurgia Plástica do HGG, Sérgio Conceição.

Além da cirurgia plástica, as pacientes do HGG terão um motivo a mais para melhorar sua autoestima. Em parceria com o Le Salon, todas vão repaginar o visual com um corte de cabelo. O cabeleireiro Ronaldo Bretas se dispôs voluntariamente a participar da ação e estará no hospital nesta sexta-feira.

Entre as pacientes que serão atendidas no mutirão, está a Azimira Florêncio de Carvalho. Moradora da cidade de Alvorada do Norte, situada a mais de 500 quilômetros da capital, ela explica que precisou retirar as mamas em 2010, logo após descobrir o câncer. “Desde então usava enchimento no sutiã, mas nunca me senti à vontade. Será uma oportunidade de devolver a confiança em aparecer em público, sem ficar constrangida”.

O Mutirão

O primeiro mutirão aconteceu em 2012 e operou cerca de 500 pacientes em todo o País, sendo 44 em Goiânia. “Foi uma experiência muito proveitosa, que proporcionou muita alegria à equipe médica, à SBCP nacional e regional e a todos os envolvidos pela solidariedade e ajuda às pessoas mais carentes”, diz Luiz Humberto Garcia de Souza, ressaltando que essa experiência positiva certamente será repetida neste segundo mutirão.

Data: 21/10 (sexta-feira)
Horário: 8 horas
Local: Hospital Alberto Rassi (HGG) - Centro Cirúrgico
Assunto: Início das cirurgias do II Mutirão Nacional de Reconstrução Mamária, organizado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - Regional Goiás


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700