Goiânia, 23 de junho de 2017    




Notícias

(25/10/2016) II Mutirão Nacional de Reconstrução Mamária contempla mulheres que tiveram câncer

Lançamento da ação aconteceu nesta sexta-feira, 21 de outubro, no Hospital Alberto Rassi – HGG. Pacientes operadas na unidade receberam tratamento especial dos cabelereiros do Le Salon, Fábio Vérissimo e Thássio Dutra, que aceitaram participar da campanha voluntariamente

O Hospital Alberto Rassi – HGG sediou o lançamento do II Mutirão Nacional de Reconstrução Mamária, campanha solidária e humanitária promovida nacionalmente pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e coordenada em Goiás pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional Goiás (SBCP-GO). Nesta sexta-feira, 21 de outubro, os procedimentos tiveram início em cerca de 60 pacientes, todas mulheres que necessitam de cirurgias reconstrutivas pós-câncer de mama.

De acordo com o presidente da SBCP-GO, Luiz Humberto Garcia de Sousa, a ação tem como alvo aquelas pacientes que não tiveram diagnóstico precoce e que muitas vezes receberam a contraindicação da reconstrução imediata. “São pacientes que estão convivendo com a sequela do tratamento, que é a mastectomia. O que nós queremos mostrar é que existe um caminho, a Sociedade é sensível a isto, quer reconstruir essas pacientes. Faz parte da nossa formação, é importante que a gente tenha e faça esse apelo social”.

O mutirão acontece até o dia 28 de outubro no Hospital Alberto Rassi – HGG, Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (HC/UFG), Santa Casa de Misericórdia de Goiânia e Hospital Araújo Jorge. A tesoureira da SBPC-GO, Adriana Gondim do Amaral acompanhou o lançamento da campanha e afirmou que devolver a autoestima para as mulheres é o grande objetivo do mutirão. “O que mais mata no mundo são doenças do coração e câncer. E o câncer de mama está nessa estatística. Muitas mulheres são mutiladas e a nossa ideia é diminuir e amenizar o sofrimento dessas mulheres”.

HGG

No Hospital Alberto Rassi - HGG, além da cirurgia plástica, as pacientes do HGG tiveram um motivo a mais para melhorar sua autoestima. As mulheres que foram operadas nesta quinta-feira, 20 de outubro receberam tratamento especial dos cabelereiros do Le Salon, Fábio Vérissimo e Thássio Dutra, que cortaram e escovaram os cabelos das pacientes, voluntariamente, no próprio hospital. “É a primeira vez que participo de uma campanha como esta e fiquei feliz em vê-las sorridentes, com uma nova cara, novo visual, foi muito gratificante”, declarou Fábio. “Foi uma honra ter participado dessa ação e contribuir para melhorar a autoestima delas”, disse Thássio.

As outras pacientes que ainda passarão por cirurgia durante a semana, receberão um voucher do Le Salon para cortar e escovar os cabelos no próprio salão.

Triagem

As pacientes que estão sendo operadas foram selecionadas entre cerca de 150 mulheres que se inscreveram para participar do mutirão. As inscritas passaram por uma triagem socioeconômica, que priorizou as pacientes de menor renda. No dia 17 de setembro, as aprovadas na primeira triagem foram avaliadas pela equipe médica, que selecionou as que serão operadas durante o mutirão e nos meses seguintes.
Nesta triagem, a SBCP-GO contou com o trabalho voluntário de médicos cirurgiões plásticos e residentes do HC, funcionárias do Setor de Mastologia do HC e acadêmicos da Faculdade Noroeste, que atuaram na organização do atendimento. O trabalho foi coordenado pelo médico Aloísio Garcia e acompanhado pelo presidente da SBCP-GO.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700