Goiânia, 12 de dezembro de 2017    




Notícias

(09/11/2016) Jornadas científicas do HGG reúnem 150 profissionais da saúde

Nos dias 7 e 8 de novembro, 150 profissionais compareceram ao HGG para a III Jornada de Cuidados Paliativos e a II Jornada Científica Multiprofissional do Hospital Alberto Rassi – HGG. Com mesas redondas e palestras, eventos foram aprovados pelos participantes

O Hospital Alberto Rassi – HGG promoveu nos dias 7 e 8 de novembro, a II Jornada Científica Multiprofissional e a III Jornada de Cuidados Paliativos da unidade. Com mesas redondas e palestras, os eventos reuniram 150 profissionais de saúde do hospital e de outras unidades da capital. No dia 7 as discussões aconteceram em torno do tema “Interdisciplinaridade e qualidade de vida”, que abordou principalmente sobre a importância do trabalho multiprofissional para garantir o bem estar do paciente. Na terça-feira, 8 de novembro, a III Jornada de Cuidados Paliativos trouxe o tema “Dimensionando cuidados”.

A palestra de abertura da II Jornada Científica Multiprofissional foi ministrada pela especialista em psicologia hospitalar, Ana Maria Caran Miranda. A discussão sobre os desafios da interdisciplinaridade na qualidade do atendimento foi abordada pela psicóloga que explicou o surgimento dessa discussão no mundo acadêmico. “Interdisciplinaridade surgiu da necessidade de superar a fragmentação que estava acontecendo no conhecimento, e isso na área de saúde é especialmente importante porque estamos trabalhando diretamente com ser humano. E também da necessidade indispensável de se ter pontes entre as diferentes disciplinas. O paciente não é só de um profissional, mas de todos. Estou feliz em participar desse evento porque acho que a interdisciplinaridade só acontece assim, se a gente fizer junto.”

Além disso, outros temas foram discutidos como a qualidade de vida em transplantes, comunicação em saúde, termo de consentimento livre e esclarecido, xeroderma pigmentoso, atividade física e saúde cardiometabólica, cirurgia bariátrica, visão multiprofissional do uso da válvula de fala na qualidade de vida, diabetes, fatores de adesão e possíveis intercorrências da hemodiálise, além da palestra de encerramento que foi ministrada pela nutricionista do Hospital das Clínicas de Goiás, Barbarah Gregório de Araújo Souza, que abordou sobre nutrição hospitalar e qualidade de vida.

A diretora de serviços multidisciplinares do HGG, Rogéria Cassiano explicou que a Jornada Científica Multiprofissional anterior teve o foco na segurança do paciente, e que neste ano, os temas foram voltados para a qualidade de vida. “No ano passado estávamos em um momento de preparação para alcançar mais um nível de acreditação hospitalar e abordamos sobre a segurança do paciente. Este ano, avançamos mais e escolhemos discutir sobre a qualidade de vida deste paciente. Nós partimos do princípio que estamos aqui para mostrar as boas práticas, e nesta jornada especificamente contamos com ótimos trabalhos dos residentes que contribuíram para enriquecer este evento”, referindo-se aos dez trabalhos científicos com estudos de caso disponível para visitação no hall de entrada do hospital.

Na terça-feira, 8 de novembro, profissionais do Núcleo de Assistência aos Pacientes Paliativos (NAPP) do Hospital Alberto Rassi, dedicaram a abordagem sobre os cuidados com o paciente que está sob este tipo de tratamento. A médica geriatra e coordenadora do NAPP, Ana Maria Porto Carvas ressaltou que o diferencial nessa edição da Jornada de Cuidados Paliativos foi a presença de colegas de outras instituições. “Recebemos médicos e profissionais da equipe multidisciplinar do Crer, Hugo, Hospital das Clínicas e HDT. Além disso, a participação das médicas residentes do serviço de pneumologia foi bastante proveitosa porque deu a oportunidade para discutirmos algumas indicações de ventilação não invasiva, trazendo inclusive propostas para discutirmos posteriormente aqui no HGG. A apresentação da ala exclusiva para pacientes sob cuidados paliativos, também marcou o nosso dia, porque as pessoas tiveram a oportunidade de conhecer as instalações e saber que o serviço existe”.

Elielza Pereira de Macedo é residente de fonoaudiologia no Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo – Crer e atualmente está no HGG para fazer um intercâmbio de um mês. Ela elogiou a iniciativa do hospital em promover as jornadas que discutem temas multiprofissionais, o que permite abranger várias áreas da saúde. “Achei muito interessante porque estou inserida em um hospital de reabilitação em que o foco é outro. Foi muito legal, as jornadas trouxeram assuntos diferentes, pude ter outra visão. Gostei principalmente da parte que abordou sobre diabetes, porque além de ser da área da saúde, tenho familiares que tem a doença”.

Também residente de fonoaudiologia do HGG, Karine Farias Lima participou da III Jornada de Cuidados Paliativos e explicou que antes de entrar na unidade, nunca havia estudado sobre o tema. “Estou no hospital desde março e tive mais contato com os cuidados paliativos quando atuei no Centro de Terapia Intensiva (CTI). É muito importante a discussão do assunto porque ainda existem muitos mitos e dúvidas de pacientes e até de profissionais da saúde. Como é um tema pouco difundido, este evento vai nos auxiliar bastante”.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700