Goiânia, 21 de outubro de 2017    




Notícias

(16/11/2016) HGG atende 600 pessoas no Dia Mundial do Diabetes

Evento realizado nesta sexta-feira, dia 11 de novembro, teve como objetivo orientar a população sobre os fatores de risco para a doença e ajudar a diagnostica-la precocemente. Equipe multiprofissional atendeu ao público no estacionamento do hospital

Cerca de 600 pessoas estiveram no Hospital Alberto Rassi – HGG nesta sexta-feira, dia 11 de novembro, para receberem orientações nutricionais e médicas, avaliação do Pé Diabético e exames bucais, além de aferirem a pressão arterial e medir a taxa glicêmica. A atividade foi realizada em alusão ao Dia Mundial do Diabetes e contou com o apoio da equipe multiprofissional da unidade hospitalar. Esta é a terceira edição da ação realizada pelo HGG, e aconteceu entre às 07 e 16 horas, no estacionamento do hospital.

De acordo com a endocrinologista Adriana Ganam, o último censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou que 12 milhões de brasileiros são portadores do diabetes. De acordo com a médica, o maior desafio no combate à doença é que muitas vezes ela é assintomática. “O paciente tem de ficar atento a alguns sinais, como urinar com frequência e sede excessiva, visão embaçada e muita fome. O nosso objetivo hoje foi alertar a população principalmente sobre os fatores de risco, que é a obesidade e o sedentarismo. Hoje o diabetes está crescendo entre os jovens por causa disso”, explica.

A costureira Eulane Vaz estava no hospital pela manhã para agendar uma consulta com outro especialista e foi informada sobre a atividade no estacionamento. Ela conta que é já pré-diabética, e que recebeu várias dicas dos profissionais de saúde para prevenir o avanço da doença. “Me falaram sobre manter uma alimentação mais saudável, que tipos de alimentos tenho que evitar, me aconselharam a praticar uma atividade física. Estou bem satisfeita com as orientações que recebi”, disse.

O motorista Assis Pereira também participou da atividade promovida pelo HGG. Ele já é portador do diabetes, e conta que sempre controla ao máximo a alimentação e procura manter uma vida saudável. “Eu já faço tratamento contra o diabetes tem um ano. Acho importante o hospital promover ações assim para orientar as pessoas e também incentivar a população a fazer os exames de prevenção. ”

Pé Diabético

O Hospital Alberto Rassi - é um dos poucos no País com um Programa (específico) de Atenção ao Pé Diabético. O programa existe há 16 anos e visa evitar ulcerações e mutilações causadas por complicações decorrentes do diabetes e melhorar a qualidade de vida dos pacientes. O programa atende a uma média de 80 pacientes mensalmente. Nos casos mais graves esse atendimento é feito semanalmente.

Para ser atendido no HGG, o paciente deve passar primeiro por uma unidade de atendimento básico de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) onde será atendido por um clínico geral. Em seguida o paciente deverá conseguir um encaminhamento para um especialista, e deverá ainda estar regulado no município que dará sequência ao tratamento.


Fonte: IDTECH





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700