Pacientes interagem em Sarau com música instrumental



Leandro Venâncio e JP Silva, músicos do Projeto Sons Duo Brasil se apresentaram no Hospital Alberto Rassi – HGG nesta sexta-feira, 11 de novembro. Repertório composto por músicas clássicas e populares conquistaram o público

Com jeito carismático e divertido, os músicos Leandro Venâncio e JP Silva, conquistaram os pacientes do Hospital Alberto Rassi – HGG. A dupla integra o Projeto Sons Duo Brasil que tem a proposta de divulgar a música clássica brasileira, e ao mesmo tempo levar alegria ao público que assiste. Na tarde desta sexta-feira, 11 de novembro, os músicos se apresentaram no projeto Sarau do HGG, para pacientes, familiares e colaboradores. O repertório composto por músicas clássicas e populares agradou a plateia que fez questão de assistir a apresentação até o fim.

Já imaginou uma mistura de Beatles com Gaby Amarantos, rainha do tecnobrega? E Waldick Soriano compondo um repertório de música clássica? Essa “salada musical” fez a alegria dos pacientes, que elogiaram bastante a apresentação. Diliele Fernanda Cardoso está na unidade acompanhando a mãe que está tratando de problemas no estômago. Ela explica que as duas estavam cansadas de ficar na enfermaria e não se arrependeram ao aceitarem o convite das enfermeiras para assistirem ao Sarau. “Minha mãe estava agoniada e aqui no show até esqueceu que está doente. Nós adoramos!”, declarou

A bordadeira Maria Eliana Neta Silva também aproveitou o show. Ela explica que vai passar por cirurgia de varizes, e que ficou bastante animada após assistir o show do Projeto Sons Duo Brasil. “Eles são muito divertidos, achei maravilhoso. A música no hospital ajuda a passar o tempo e tirar a gente do estresse. Está aprovado”, declarou.

Sons Duo Brasil nasceu do encontro dos dois instrumentistas durante uma apresentação de Elza Soares, madrinha musical de JP Silva, em Goiânia. Com o bom entrosamento dos músicos, Leandro convidou JP para iniciarem um projeto de música instrumental, e ele prontamente aceitou. Esta foi a primeira vez que se apresentaram na unidade e aprovaram a experiência. “É muito importante para nós receber o carinho dos pacientes, seja com palmas, seja com um olhar, seja com um sorriso. Estávamos há muito tempo tentando encaixar uma data para vir tocar aqui, e graças a Deus deu certo. O hospital e a coordenação desse projeto estão de parabéns”, declarou Leandro.



Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS