Goiânia, 26 de abril de 2017    




Notícias

(18/11/2016) Médicas do HGG esclarecem sobre DPOC

Residentes da especialidade de pneumologia do HGG, Marília Neves Cipriano e Larissa Camelo Abrahão explicaram para o público do hospital sobre a doença. Atividade aconteceu nesta quarta-feira, 16 de novembro, em comemoração ao Dia Mundial de Combate à Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC)

Nesta quarta-feira, 16 de novembro, as médicas residentes da especialidade de pneumologia do Hospital Alberto Rassi – HGG, Marília Neves Cipriano e Larissa Camelo Abrahão ministraram palestra para os usuários do Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) sobre a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, mais conhecida como DPOC. A atividade em comemoração ao Dia Mundial de Combate a DPOC, integrou a programação da campanha promovida pelo hospital “Novembro da Prevenção”, que semanalmente promove palestras para os usuários da unidade sobre temas relacionados à saúde.

De acordo com Marília, a DPOC é representada pelo enfisema pulmonar e bronquite. É uma patologia comum, tendo o cigarro como principal vilão. “O pulmão de quem desenvolve a doença fica com aspecto esburacado. A fumaça do cigarro tem milhões de toxinas prejudiciais e qualquer exposição, tanto passiva quanto ativa, pode levar a doenças pulmonares. Antigamente os homens desenvolviam mais a DPOC, hoje em dia, tanto homens quanto mulheres desenvolvem de maneira igual”.

Os principais sintomas são tosse e falta de ar. De acordo com Larissa, o diagnóstico é feito a partir do histórico do paciente. “O médico avalia se o pessoa fumou ou teve contato com alguém que fuma, ou ainda se ficou exposto ao fogão à lenha. Se a resposta for afirmativa, o paciente precisa por exames, sendo o raio-x do pulmão e a espirometria (exame de sopro), os mais comuns. Não existe cura para a DPOC, e o tratamento é baseado em melhorar a qualidade de vida do paciente”, explicou.

A técnica em enfermagem Abadia Alves de Oliveira estava na unidade para se consultar com a equipe de dermatologia. Ela explica que nasceu com bronquite e que é importante esclarecer sobre a doença. “A palestra foi muito importante porque ajudou a esclarecer as dúvidas das outras pessoas, e as minhas também. Nasci com bronquite e um dos meus filhos também sofre com as crises. Sou da área da saúde e sei sobre a importância de realizar essas ações preventivas. O hospital está de parabéns”, elogiou.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700