Goiânia, 19 de outubro de 2017    




Notícias

(08/12/2016) Aids: HGG promove ações educativas para conscientizar colaboradores e usuários sobre doença

Milca Queiroz, responsável pelo Departamento DST/Aids da Secretaria Estadual de Saúde de Goiás, ministrou palestra para usuários nesta quarta-feira, 7 de dezembro. Colaboradores receberam preservativos e laços vermelhos que simbolizam a luta contra a doença

Para comemorar o Dia Mundial de Combate à Aids, o Hospital Alberto Rassi – HGG, em parceria com a Coordenação DST/Aids da Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO), promoveu nesta quarta-feira, 7 de dezembro, uma ação educativa no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) da unidade. Os usuários que aguardavam por consulta puderam realizar testes rápidos para detecção de Aids e Sífilis, medir a pressão, além de tirar dúvidas com a palestrante Milca Queiroz, responsável pela Coordenação DST/Aids da SES-GO.

Milca afirmou que quando surgiu a primeira epidemia de Aids, existiam os grupos de risco, porém com o avanço da doença, o foco da campanha tomou outro rumo. “Antes as campanhas eram voltadas para os usuários de drogas, homossexuais e profissionais do sexo. Porém, a doença se espalhou e está em todos locais, atingindo todas as classes sociais, faixas etárias, econômicas, culturais. Falamos agora em comportamento de risco. O principal deles é a relação sexual sem o uso do preservativo”.

A palestrante explicou as formas de contágio da doença e sobre o tratamento. “O vírus HIV é transmitido através de secreções sexuais, sanguíneas e também de mãe para filho, caso a mãe seja soropositiva e não faça a profilaxia, que é o tratamento para evitar essa transmissão. Beijo, suor, lágrima, saliva, não transmite, a não ser que tenha ferida aberta com sangue. É preciso lembrar que a principal forma de prevenção do HIV é o uso do preservativo. O diagnóstico precoce é extremamente importante. Quanto mais cedo, melhor é o tratamento. Hoje existem medicamentos extremamente eficientes, e se descoberto no início, a pessoa pode viver muito bem”, explicou.

Foram disponibilizados 50 testes rápidos para o público que estava no Ambulatório. A dona de casa Cleuzimar dos Santos Costa fez questão de realizar o teste, que apresentou o resultado em vinte minutos. “Eu achei a palestra muito esclarecedora e o teste foi muito simples. Nunca fiz e é importante a gente saber se tem algum problema, para que possamos começar o tratamento o quanto antes”, declarou Cleuzimar que estava na unidade acompanhando a filha para uma consulta com a cirurgia plástica. Durante a palestra, todos receberam preservativos e lubrificantes, além de panfletos informativos.

Conscietização

A Comissão Interna de Prevenção a Acidentes (Cipa) do Hospital Alberto Rassi – HGG, com o apoio do Serviço Especializado em Saúde e Medicina Trabalho (Sesmt), também promoveu uma ação para colaboradores no dia 1 de dezembro. Preservativos, panfletos e laços vermelhos que simbolizam a luta contra a Aids foram distribuídos para os profissionais. Dirceu Alves Barbosa é coordenador da equipe de condutores e aprovou a campanha. “É importante disseminar a informação e distribuir os preservativos, que são a melhor forma de prevenção contra a doença”.

Além disso, a fachada do hospital está iluminada na cor vermelha, que simboliza a luta contra a doença.


Fonte: IDTECH





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700