Goiânia, 23 de junho de 2017    




Notícias

(12/12/2016) Artigo científico de dermatologista do HGG é publicado em revista britânica

Pesquisa com portadores de Xeroderma Pigmentoso foi realizada durante seis anos e contou com a participação da médica Sulamita Chaibub e pesquisadores internacionais. Hospital Alberto Rassi é referência no tratamento desta doença rara

Publicação internacional especializada em dermatologia, o British Journal of Dermatology, divulgou artigo científico sobre Xeroderma Pigmentoso (XP), doença rara de origem genética, cujo tratamento é realizado no Hospital Alberto Rassi – HGG. A pesquisa é assinada pela dermatologista Sulamita Chaibub e outros pesquisadores internacionais, entre eles, o francês Alan Sarasin e Carlos Frederico Martins Menck (USP).

De acordo com Sulamita, a pesquisa aconteceu ao longo de seis anos e mostra a descoberta de uma segunda mutação genética em um grupo de portadores do XP. “É um grande esclarecimento sobre esta doença que atingiu uma comunidade inteira em Goiás. Hoje sabemos cientificamente como se deu a disseminação desta doença rara”, explicou a médica.

O Xeroderma Pigmentoso é uma doença na qual o portador possui uma dificuldade em reverter as agressões que a radiação solar provoca no DNA (código genético) das células da pele, ficando, inclusive, mais suscetíveis ao câncer de pele. Goiás, principalmente em Araras (distrito de Faina), possui a maior incidência da doença no mundo, sendo 1 para cada 40 habitantes.

O artigo A genetic cluster of xeroderma pigmentosum variant patients with two different founder mutations pode ser conferido no site: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27664908


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700