Goiânia, 17 de dezembro de 2017    




Notícias

(19/12/2016) Avaliadores do Ibes mantêm certificação do HGG e apontam desafios para nível 3

Nos dias 14 e 15 de dezembro, o Hospital Alberto Rassi – HGG passou por avaliação da sua qualidade perante os critérios da Organização Nacional da Acreditação (ONA). Pontos fortes e desafios foram apresentados às equipes

O Hospital Alberto Rassi – HGG, unidade certificada com o título de acreditado pleno pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), passou por uma visita de manutenção nos dias 14 e 15 de dezembro, para atestar se a gestão continua cumprindo os critérios de segurança e de qualidade. Os avaliadores do Instituto Brasileiro para a Excelência em Saúde (Ibes), após conferirem in loco cada processo hospitalar, definiram pela manutenção da certificação e já apontaram desafios para alcançar o nível máximo de excelência.

Em apresentação do relatório final da visita, realizada no auditório do HGG com a presença dos gestores e membros do Comitê da Qualidade, a avaliadora líder, Paula Nahas, destacou sobre o amadurecimento da equipe frente à cultura da qualidade e segurança do paciente. “É sempre um prazer ver este compromisso, a forma transparente e carinhosa de cada um dos profissionais. Perceber o envolvimento das equipes e, principalmente, o envolvimento do corpo clínico nesta última visita, foi muito importante”, explicou.

Entre os pontos fortes elencados pela equipe de avaliação está a realização de reuniões semanais com a diretoria e assessorias do HGG, chamada de Roda de Conversa. “Mais do que uma reunião da alta gestão, os pontos de discussão vêm do operacional, o que demonstra uma transparência da organização”, disse Paula. As ações de humanização do hospital e o programa Gestão Cidadã, que permite uma grande interação com os usuários, também foram destacados.

Os avaliadores também consideraram positiva a adequação dos leitos do Centro de Terapia Intensiva (CTI). De acordo com Paula Nahas, a partir de uma análise crítica baseada em números, o que foi “primordial para otimizar a capacidade instalada e abrir uma ala de Cuidados Paliativos. ”

Pontos fortes
• A realização da Roda de Conversa
• A realização das reuniões de indicadores de gestão, tanto assistenciais como administrativos
• Ações frequentes de capacitação e de ensino, principalmente na área da qualidade
• Ações de humanização (Sara, Arte, Riso, Comunicadores da Alegria, Doses de Letras)
• Ações sociais de prevenção da saúde (Dia do Rim, Dia do Diabetes, etc)
• Gestão Cidadã
• Mutirões de cirurgias
• Análise crítica dos indicadores (comparativos)
• Acompanhamento semanal com as áreas para a qualidade do paciente
• Reorganização interna dos leitos do CTI e implantação da ala de Cuidados Paliativos
• Utilização do Epimed para a gestão da unidade
• Ações educacionais na área de nutrição
• Realização do projeto Circuito Saúde para os colaboradores
• Vigilantes com treinamento para brigadistas
• Repactuação da agenda para endoscopia
• Controle das culturas por meio da SCHI


Desafios
• Acompanhar os projetos do Planejamento Estratégico
• Gerenciamento do corpo clínico e implantação da avaliação de performance
• Aprimoramento da comissão de óbitos, principalmente nos casos de óbitos com menos de 24h e interação com a Comissão de Prontuários
• Fortalecer qualificação de fornecedores com visitas técnicas pelo menos uma vez ao ano
• Capacitação de lideranças
• Expansão da farmácia clínica
• Elaboração do Plano terapêutico nas unidades abertas, assim como já é feito no CTI
• Controle dos estoques periféricos (desenhar fluxo para garantir a segurança do paciente)
• Fortalecer os acordos entre processos e definir seus resultados
• Feedback das notificações das áreas, identificar os eventos adversos que geraram melhorias e incluir no sistema as quebras de contrato de processos
• Realizar auditorias internas por processo;
• Implantar a gestão dos custos nos Protocolos Clínicos;


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700