Goiânia, 26 de junho de 2017    




Notícias

(23/02/2017) Carnaval: Enfermeiras alertam sobre DST/Aids

Deborah Noronha e Letícia Villar que atuam na Coordenação de DST/Aids da Secretaria Estadual de Saúde (SES) ministraram palestra no Hospital Alberto Rassi – HGG, nesta quarta-feira, 22 de fevereiro

O Hospital Alberto Rassi – HGG em parceria com a Coordenação de DST/Aids, da Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO) promoveram nesta quarta-feira, 22 de fevereiro, uma ação no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) da unidade, para alertar sobre os riscos de se contrair Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids, durante o Carnaval. As enfermeiras da SES-GO, Deborah Noronha e Letícia Villar explicaram sobre formas de prevenção e ainda distribuíram materiais informativos e preservativos para os pacientes do hospital.

Conhecer bem o próprio corpo, de acordo com as profissionais, é uma das formas de se identificar qualquer doença acometida. “Existem vários tipos de doença que são transmitidas pela relação sexual, podendo se manifestar de diversas maneiras como feridas, corrimento, verrugas, mau cheiro, coceira, entre outros. É importante que tanto o homem quanto a mulher consigam identificar esses sintomas e procurem um profissional de saúde com rapidez”, explicou Leticia.

A prevenção continua sendo a melhor arma contra DSTs/Aids. “O uso do preservativo é primordial para qualquer pessoa que tenha um ou mais parceiros”, alertou Deborah. O vendedor Roberto Souza estava na unidade acompanhando a irmã que faz tratamento com a equipe de cirurgia plástica. Ele disse que um conhecido contraiu hepatite B e convive bem com a doença há dez anos. “Quando ele descobriu, o médico alertou que ele precisava se tratar. O médico disse que ele poderia viver um ou dez anos, porém ele fez o tratamento correto e tem uma vida normal”, relatou.

A aposentada Jussara Lima assistiu a palestra e relatou que apesar de ser viúva e ter 76 anos, ela faz questão de fazer os exames de prevenção anualmente. “Acho muito importante esse tipo de campanha porque é preciso que principalmente as mulheres, se conscientizem sobre a importância de se cuidar. A maioria das doenças tem cura, se não tiver, tem tratamento, então é por isso que eu ainda faço os exames de prevenção”, explicou.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700