Goiânia, 21 de agosto de 2017    




Notícias

(10/03/2017) Diretor clínico do HGG toma posse na Academia Goiana de Medicina

Solenidade aconteceu na noite de quarta-feira, dia 8 de março, no Cremego. Antônio Ximenes, um dos médicos pioneiros do Hospital Alberto Rassi, é um dos principais nomes no ensino e pesquisa no Estado

Um dos principais nomes da medicina em Goiás, com carreira dedicada ao ensino e à pesquisa, o médico reumatolgista Antônio Carlos Ximenes, diretor clínico do Hospital Alberto Rassi – HGG, tomou posse na Academia Goiana de Medicina (AGM), na noite do dia 8 de março. A solenidade aconteceu no auditório do Conselho Regional de Medicina em Goiás (Cremego) e contou com a presença da diretoria do HGG, dos demais membros da Academia e do secretário de Estado da Saúde, Leonardo Vilela.

“Antônio Ximenes é diretor clínico do HGG, altamente qualificado e reconhecido por seus pares em todo o Estado de Goiás. O hospital recebeu o título de acreditado ONA 2 e tenho certeza que ele contribuiu muito para este processo”, discursou o secretário de Saúde. Vilela destacou os avanços trazidos pelo modelo de gestão por organizações sociais disse ter tido uma impressão muito boa do trabalho desenvolvido pela equipe quando visitou a unidade.

Em seu discurso de posse, Antônio Ximenes destacou sua jornada na medicina, o envolvimento com o ensino e a pesquisa e a atuação no HGG, que passou a ser gerenciado pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) em 2012. “Formamos quase 500 residentes em clínica médica e 25 em reumatologia. Estou desde 1972 no Hospital Alberto Rassi e parafraseando Hipócrates, que diz ‘Curar quando possível, aliviar quando necessário, consolar sempre’ estamos vendo esta humanização sendo despertada no espírito dos jovens, com a grande direção do Idtech, que transformou o hospital através da Secretaria de Saúde”, disse.

O médico enalteceu por várias vezes o companheirismo de sua esposa, Rucélia Ximenes. “Foi amor à primeira vista, nunca brigamos. Rucélia é um gênio na arte. Obrigada, amor, pela ajuda por toda a minha trajetória”, destacou. A artista foi a primeira a participar do Projeto Arte no HGG, que leva exposições de artes plásticas ao ambiente hospitalar.

História
Para ocupar tal posicionamento na Academia, que tem ao total 40 cadeiras de honraria, o médico precisa ter a idoneidade reconhecida, no mínimo 50 anos de idade e 25 anos de graduação médica. Além disso, necessita ter no mínimo dez anos de residência em Goiás e desempenho em atividades científicas e culturais relevantes. A cadeira de número 27, ocupada por Ximenes, teve como como fundador o médico Samyr Helou, um dos primeiros membros da Academia e como patrono Wassily Chuc, dois nomes de história da medicina goiana.

Currículo
Antônio Carlos Ximenes formou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em 1972. Também na UFRJ, entre 1973 e 74, cursou residência médica em Reumatologia. Ainda em 1974, foi aprovado em concurso para médico da Universidade Federal de Goiás (UFG). Formado em Medicina Interna na UFG e doutor em Reumatologia pela Universidade de São Paulo, é preceptor de Clínica Médica na área de Internato na Faculdade de Medicina da UFG e ocupa o cargo de diretor clínico do Hospital Alberto Rassi – HGG.


Fonte: IDTECH





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700