Goiânia, 18 de dezembro de 2017    




Notícias

(30/03/2017) Riso no HGG: Cia Cada Macaco leva humor e alegria para pacientes da unidade

Grupo de teatro provocou gargalhadas e muita interação durante a peça “Cada Macaco No seu Galho”, que foi atração desta edição do projeto no AMA

Os atores Pedro Mendes e Max Alves, do grupo de teatro Cada Macaco, encenaram quadros da peça “Cada Macaco no seu Galho” com muito humor e descontração para os pacientes, acompanhantes e equipe de enfermagem do Hospital Alberto Rassi-HGG, nesta terça-feira, 28 de março, no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA). Todos se divertiram e riram muito com o espetáculo que já foi assistido por mais de 15 mil pessoas. Durante uma hora de evento, paródias bem-humoradas, piadas e muita música tomaram conta do HGG.

Participativos e sorridentes, os pacientes cantaram as músicas do espetáculo e fizeram comentários diversos sobre o momento de descontração. De acordo com a técnica de enfermagem Daniela Evangelista, que trabalha na Clínica Médica do HGG e sempre acompanha os acompanha para que eles possam participar do Projeto Riso e de outras iniciativas de humanização do hospital, as opiniões são sempre positivas. “Eles voltam sorrindo, esquecem um pouco a dor e o tratamento e ficam menos ansiosos. Então, a terapia do riso é muito importante”, pontuou.

Para o aposentado Esmeraldo Castro da Silva, de 66 anos, que veio da Bahia parta tratar uma Hérnia de Disco no HGG, a iniciativa auxilia no tratamento dos pacientes por levar mais alegria e entusiasmo a quem está desmotivado e passando por dificuldades no hospital. “Às vezes, a pessoa está triste, internada há muito tempo e essa é uma oportunidade de distrair a mente”, disse.

Sobrinha e acompanhante de uma senhora de 94 anos, que assistiu a todo o espetáculo, a dona de casa Divina Cleunice Rosa disse que a tia, apesar de todos os problemas de coração e pulmão, se animou bastante com o teatro. “Olha lá o sorriso dela, está toda feliz. Esse tipo de ação ajuda muito eles, porque ficar internado à base de medicamento e dentro do quarto não é nada fácil. Então, com essas ações eles têm um momento de alegria”, ressaltou.

Cura

Ao fim do espetáculo, Pedro fez questão de ressaltar que a sensação de proporcionar esse momento aos pacientes, que muitas vezes passam por grandes dificuldades, o acrescenta muito. “O humor tem o princípio de curar a alma, então a experiência é bem bacana. Às vezes, em determinados momentos, os pacientes estão numa pior que a nossa e por isso, a gente vem trazer essa alegria para que tudo dê certo para eles. Tenho certeza de que saio daqui mais curado da alma por fazer parte deste projeto”, destacou o ator que se colocou à disposição para participar sempre.

Com objetivo de auxiliar na superação das enfermidades dos pacientes através da terapia do humor, o hospital promove o Riso no HGG uma vez ao mês levando atrações de comédia e teatro aos que tanto precisam de motivação.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700