Goiânia, 26 de maio de 2017    




Notícias

(30/03/2017) Autoestima é tema de palestra da semana no HGG

Palestra ministrada pela residente em psicologia Taynara Simei, aconteceu nesta quarta-feira, 29 de março, e chamou atenção do público presente

Instigando a participação de muitos dos que esperavam por suas consultas nesta quarta-feira, 29 de março, no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) do Hospital Alberto Rassi-HGG, a psicóloga residente da unidade Taynara Simei, falou sobre “A importância da autoestima” e seus efeitos sociais e interpessoais na vida das mulheres. A atividade finalizou o ciclo de palestras especiais do mês da mulher.

Questionados sobre o significado de “autoestima”, os pacientes participaram com opiniões diversificadas. Primeira a falar, Terezinha Correia fez questão de destacar que a sua “está nas alturas” e destacou que apesar de fazer tratamento de depressão, procura se manter animada e com agenda preenchida de tarefas. “Luto contra a doença todos os dias”, disse. Assim como Terezinha, a dona de casa Lucia Maria Fernanda, disse que considera o alto astral como característica principal de uma boa autoestima. “A pessoa tem que estar de bem com a vida e não ficar com a mente cansada, estressada”, pontuou.

A psicóloga levantou questionamentos sobre a baixa autoestima e o impacto do sentimento nas rotinas e situações corriqueiras. “Afeta todos os âmbitos de nossas vidas. Na criatividade, na capacidade de resolver problemas, de se relacionar com o próximo e de ser mais realizado na vida. Então, temos de compreender da seguinte forma: o nosso autoconceito é a imagem que enxergamos de nós mesmos, como se fosse uma foto. E o valor que damos para esta foto tanto do ponto de vista físico, quanto do psicológico, é a nossa autoestima. Portanto, se damos um valor baixo, aumentamos a chance de ficarmos ansiosos ou depressivos”, alertou.

Constelação familiar

O motorista Wisley Fernandes questionou sobre Constelação Familiar, indagando se teria alguma relação com a baixa autoestima e outros tipos de comportamento. Para falar sobre o assunto, a psicóloga e tutora dos residentes em psicologia do HGG Telma Noleto, que também estava presente, explicou o que é a constelação e como ela influencia o nosso psicológico. “Trazemos conteúdos que são heranças familiares para nossas rotinas. Herdamos de nossos parentes não somente a genética, mas também sentimentos e comportamentos e por isso, podemos herdar uma baixa autoestima. Portanto, trabalhar a Constelação Familiar é buscar entender o que nos pertence e o que pertence a nossa família”, ressaltou.

Ao final, Taynara retomou o assunto dando dicas para que todos possam manter a autoestima elevada de forma saudável. “É preciso elencar prioridades para a vida e verificar o que você gostaria de fazer que não faz, quais são as preferências de lazer, praticar esportes e fazer elogios a si mesmo, sempre”, finalizou ela, agradecendo a presença e participação de todos.

Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700