Goiânia, 24 de maio de 2017    




Notícias

(03/08/2007) Teleconsulta completa um ano com 85% de preferência dos usuários

O aniversário foi comemorado no dia 02/08, com presença do vice-prefeito de Goiânia. Serviço já atendeu meio milhão de pessoas

Uma grande festa com a presença do vice-prefeito Valdivino de Oliveira, representante do prefeito Iris Rezende, e do secretário municipal de Saúde, Paulo Rassi, marcou o aniversário de um ano da Central de Atendimento ao Cidadão – Teleconsulta. A solenidade, prestigiada também por lideranças comunitárias e representantes de usuários dos serviços de saúde de todas as regiões da capital, foi realizada às 8h30 do dia 3 de agosto, no auditório do edifício sede da Caixa Econômica Federal, na Rua 11, Setor Central.
Fundado em 04 de agosto de 2006, o serviço de agendamento de consultas por telefone da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, completa seu primeiro aniversário com a certeza do dever cumprido. Projetada, montada e gerenciada pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), a central chega aos doze meses de funcionamento com um saldo de 543,5 mil atendimentos realizados. A quantidade equivale a mais de meio milhão de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) retirados das filas para marcação de consultas. É praticamente metade da população da capital.
O atendimento prestado tem a aprovação de 70,2% da população da capital, conforme demonstrou pesquisa realizada no mês de julho pelo Instituto Fortiori. A pesquisa também mostra que 85,6% dos usuários preferem o Teleconsulta ao sistema convencional de agendamento (veja texto anexo).


Resgate da cidadania

Compromisso de campanha do prefeito Iris Rezende, o Teleconsulta tem contribuído para o resgate da cidadania de quem depende da assistência à saúde prestada pela rede pública. São mais de 500 mil pessoas que não precisaram enfrentar as madrugadas frias nas portas das unidades de saúde porque reservaram vagas para atendimentos eletivos de Clínica Médica, Ginecologia e Obstetrícia e Pediatria, gratuitamente, por meio de telefone fixo convencional ou orelhão. Com conforto e dignidade, como determinou o prefeito Iris Rezende, quando solicitou às equipes da Secretaria Municipal de Saúde e do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico Humano (Idtech), que elaborassem o projeto do serviço.
Todos os meses são marcadas, em média, 50 mil consultas. A experiência do Teleconsulta deu tão certo que já começa a ser reconhecida fora de Goiás. A central foi selecionada para a mostra de experiências bem sucedidas do Sistema Único de Saúde (SUS) do 23º Congresso das Secretarias Municipais de Saúde do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems), realizado entre os dias 27 a 30 de junho, em Joinville (SC).
O Teleconsulta não é único no País. Existem serviços de agendamento de consulta por telefone em outras cidades, como Belo Horizonte. Mas a experiência de Goiânia se destacou porque, além de oferecer uma maior facilidade, assegura o atendimento humanizado aos usuários.
Noventa e dois agentes de atendimento treinados, supervisionados por médicos e enfermeiros, operam um sistema informatizado especialmente desenvolvido pela equipe do Idtech, ao qual estão ligadas 60 linhas telefônicas. O sistema faz a triagem dos pacientes de acordo com a idade, o sexo e os sintomas e agenda as consultas de forma a garantir o cumprimento dos Estatutos do Idoso e da Criança e do Adolescente. Idosos, crianças e gestantes têm preferência e são atendidos em 24 ou 48 horas. Os demais têm as consultas agendadas em até 07 dias.

Instrumento de gestão


Importante instrumento de gestão, a Central assegura um controle rigoroso da produção das 39 unidades de saúde a ela interligadas. As agendas de todos os médicos da rede são preenchidas digitalmente e atualizadas praticamente em tempo real, permitindo o melhor aproveitamento das consultas. Elas podem, por exemplo, ser desmarcadas e relançadas na agenda quando o paciente avisa, em tempo hábil, que não poderá comparecer. Antes, com o preenchimento manual, o reaproveitamento da vaga era muito difícil.
A Central funciona todos os dias – inclusive feriados – das 7 às 19 horas. O serviço atende pelo telefone 0800 646 1560 e, pelos resultados que vem obtendo, tem atraído a atenção do Ministério da Saúde e de prefeituras de grandes cidades, como o Rio de Janeiro.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Idtech






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700