Goiânia, 27 de maio de 2017    




Notícias

(12/11/2007) Acieg promove atividade por adesões à campanha Coração na batida certa

Atividade, que ocorre nesta segunda-feira, dia 12 de novembro, visa mostrar ao empresariado a importância de doações na prevenção de mortes súbitas

Em parceria com a Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas (Sobrac), a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS) e o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), a Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg) realiza nesta segunda-feira, dia 12 de novembro, Dia Nacional de Prevenção das Arritmias Cardíacas e Morte Súbita, atividade para estimular o empresariado a apoiar a campanha Coração na batida certa. Promovida pela Sobrac, a campanha está sendo lançada nacionalmente com o objetivo de orientar a população sobre a doença e arrecadar desfibriladores externos automáticos (DEAs) para serem doados às prefeituras e instalados em parques e locais de aglomeração pública. Os aparelhos são fundamentais no socorro rápido às vítimas de paradas cardiorrespiratórias e na prevenção de mortes súbitas.
No caso de Goiânia, a meta é arrecadar pelo menos dez aparelhos. Às 14h30, a Acieg promoverá uma simulação da utilização dos equipamentos na sua sede, à Rua 14, nº 50, Setor Oeste. A intenção é mostrar aos empresários a importância dos DEAs e chamar sua atenção para as facilidades nas doações: o custo, no valor de R$ 6 mil por aparelho, pode ser abatido no imposto de renda. Além disso, a empresa que fizer doação do valor correspondente a dois equipamentos (R$ 12 mil) poderá ficar com um para ser colocado em suas instalações.
É importante lembrar que a Lei Municipal nº 8337, de 6 de outubro de 2005, obriga aeroportos, shoppings centers, centros empresariais, estádios de futebol, hotéis, hiper e supermercados, casas de espetáculos, clubes, academias e locais de trabalho, com concentração/circulação média diária de 800 (oitocentos) ou mais pessoas a manter os aparelhos em suas dependências. Colaborando com a campanha, as grandes empresas terão, portanto, a oportunidade de ajudar a população (grande beneficiada pela iniciativa), divulgar seu nome e de cumprir a lei a um custo menor. Os aparelhos terão placas com o nome do doador e a empresa ainda poderá usar o selo da campanha em seu material publicitário. E, por causa da campanha, os equipamentos estão saindo pela metade do preço praticado no mercado (entre R$ 10 e R$ 12 mil).
Organização social sem fins lucrativos que atua na área de desenvolvimento e execução de projetos nas áreas da saúde, da educação e do meio ambiente, o Idtech é a instituição credenciada pela Sobrac para a arrecadação das doações dos DEAs em Goiânia. Para solicitar uma visita do representante do Idtech, a empresa deve telefonar para (62) 3209-9701 - Ana Paula, ou (62) 3209-9705 ou 9706 - Maria Aparecida Toledo Couto Sardinha, coordenadora-técnica.
Atualmente, as chances de sobrevida de uma parada cardíaca extra-hospitalar são bastante reduzidas, girando de 2 a 5%. Essas estatísticas se devem ao retardo da desfibrilação elétrica, que deveria idealmente ser aplicada nos primeiros dez minutos. As taxas de sucesso reduzem em 10% a cada minuto após o inicio de uma parada cardíaca, daí a importância de disseminar a instalação dos equipamentos e treinamento do público leigo na prática da desfibrilação precoce. Nos EUA, os novos desfibriladores externos automáticos, de fácil manuseio e menor custo, estão sendo instalados em aeroportos, clubes, academias, shoppings e até mesmo nas residências. Confiante na sensibilidade da iniciativa privada, a intenção da Sobrac é estimular que ocorra o mesmo no Brasil. Para saber mais sobre a campanha basta acessar http://www.arritmiasemortesubita.org.br/.


Fonte: Assessoria de Comunicação do Idtech






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700