Goiânia, 23 de junho de 2017    




Notícias

(30/05/2008) Mais de mil pessoas participam de seminário sobre violência

Promovido pelo Ministério da Saúde, o seminário reuniu alguns dos mais importantes palestrantes do País na área. A organização foi do Idtech

Mais de mil pessoas participam de seminário sobre violência
Alguns dos mais importantes profissionais da área no País estiveram em Goiânia para participar do 2º Seminário Nacional de Experiências na Atenção à Violência Doméstica e Sexual – Avanços, realizado entre os dias 28 e 30, no Ginásio Arena. O evento, que reuniu 1,1 mil participantes e foi animado por integrantes do projeto Arte, Circo e Cidadania, da Associação Circo Lahetô (foto), teve como objetivo promover a troca de experiências bem sucedidas na área. A organização foi do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech).
Na avaliação da coordenadora-geral do seminário, Railda Gonçalves Martins, as conferências, mesas-redondas e debates representaram uma oportunidade ímpar de atualização dos profissionais. “O conteúdo teórico do mais alto nível proporcionou uma nova perspectiva de trabalho em todas as vertentes que envolvem os cuidados com as vítimas de violência doméstica e sexual.”
Quarenta apresentações fizeram parte da programação. Participaram como palestrantes do seminário, Jefferson Drezett, coordenador do Serviço de Violência Sexual e Aborto Legal do Hospital Pérola Byington - Centro de Referência da Saúde da Mulher – SES/São Paulo, Magno Luiz Medeiros da Silva e Angelita Lima Pereira, professores da Faculdade de Comunicação e Biblioteconomia da UFG, e a jornalista Anabela Paiva, pesquisadora do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC) do Rio de Janeiro.
Promovido pelo Ministério da Saúde, o seminário foi realizado pela Secretaria Municipal de Saúde, Universidade Federal de Goiás e Rede de Atenção a Crianças, Adolescentes e Mulheres em Situação de Violência, em parceria com o Instituto Dom Fernando, Hospital Materno Infantil, Conselho Estadual da Mulher e do Conselho Estadual dos direitos da Criança e do Adolescente.
Números
Os dados estatísticos da violência doméstica e sexual apresentados no seminário mostraram que a situação é preocupante no País como um todo, incluindo Goiânia. O Ambulatório de Apoio às Vítimas de Violência Sexual (AVVS) do Hospital Materno-Infantil, referência para o Estado no atendimento às crianças vítimas de abuso sexual, registrou este ano 55 casos de crianças de até 12 anos, vítimas de abuso sexual que precisaram de assistência médica em função da gravidade da violência sofrida. O número representa 0,26% do total de crianças atendidas no hospital. O porcentual equivale a mais que o dobro do registrado no mesmo período do ano passado, 0,12%.
Em menos de um ano e meio, a equipe atendeu 136 pacientes, sendo 39 meninos. Os atendimentos realizados no HMI apontam que crianças e adolescentes são vítimas em potencial dentro de casa. Oito em cada dez casos envolvem familiares ou amigos da família como agressores.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Idtech






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700