Goiânia, 23 de setembro de 2017    




Notícias

(29/01/2010) Teleconsulta é selecionado para prêmio nacional

Sistema de agendamento da primeira consulta pós-parto de mães e bebês atendidos pelo SUS é semifinalista no Prêmio ODM

A integração entre a Central de Atendimento ao Cidadão – Teleconsulta, serviço estruturado e gerenciado pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) por meio de contrato de gestão com Secretaria Municipal de Saúde (SMS), e o Projeto Nascer Cidadão, também vinculado à SMS é um dos 40 projetos selecionados entre 1.477 inscritos na 3ª edição do Prêmio ODM Brasil. A integração conferiu maior agilidade ao agendamento da primeira consulta pós-parto de mães e bebês atendidos nas maternidades públicas e conveniadas com o Sistema Único de Saúde (SUS).

Um auditor do Instituto de Pesquisa Aplicada (Ipea) esteve nesta sexta-feira, dia 29 de janeiro, em Goiânia, para conhecer e conferir informações sobre o Projeto e o serviço prestado por ele, na etapa semifinal do prêmio. Ele acompanhou uma visitadora em seu trabalho na maternidade da Santa Casa de Misericórdia de Goiânia.

Após a integração do Projeto Nascer Cidadão ao Teleconsulta, o primeiro atendimento pós-parto à mãe e ao recém-nascido passou a ser realizado em no máximo dez dias, com a vantagem de que a mãe já sai da maternidade com sua consulta e a do filho marcadas. O agendamento é feito pelas visitadoras do Nascer Cidadão, nas maternidades, à beira do leito da parturiente, por uma linha exclusiva de telefone celular em contato direto com o Teleconsulta.

Antes, os agendamentos eram feitos manualmente, por meio de planilhas com previsão de consultas que, após as visitas, eram encaminhadas via malote para as unidades de saúde. Havia furos no agendamento e a demora para o atendimento, em função do processo necessário, chegava a quase um mês, o que contrariava a recomendação do Ministério da Saúde, de que a primeira consulta seja realizada na primeira semana de vida do bebê.

O Prêmio ODM Brasil incentiva ações, programas e projetos que contribuem efetivamente para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. O Prêmio é uma iniciativa pioneira no mundo e foi proposto pelo Governo Federal na abertura da 1.ª Semana Nacional pela Cidadania e Solidariedade, em 2004. A ação conta com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e de um conjunto de empresas e associações do setor privado.

Nesta 3ª edição foram realizados seminários em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, com o objetivo de mobilizar a sociedade. Participaram desse processo cerca de nove mil pessoas em todo o país. Os projetos inscritos foram ratificados e pré-selecionados por um Comitê Técnico e agora, os semifinalistas, entre eles a integração Teleconsulta/ Projeto Nascer Cidadão, estão recebendo as visitas de avaliadores.

De acordo com a organização do Prêmio, as práticas serão julgadas de acordo com os seguintes critérios:



- Contribuição para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM);

- Impacto no público atendido;

- Participação da comunidade;

- Existência de parcerias;

- Potencial de replicabilidade;

- Complementaridade e integração com outras políticas.

A solenidade de premiação e lançamento da 4ª edição do Relatório de Acompanhamento dos ODM será no dia 24 de março, em Brasília(DF), com a presença do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

Serão anunciados os vinte projetos vencedores do Prêmio ODM Brasil. Também será divulgada a situação dos ODM no Brasil, que servirá para planejar as ações necessárias para o cumprimento das metas até 2015.



Fonte: ASCOM/IDTECH








GALERIA DE IMAGENS DO CONTEÚDO:





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700