Goiânia, 19 de agosto de 2017    




Notícias

(10/06/2010) Idtech e Rádio 730 apresentam balanço da Campanha do Agasalho

Dados sobre as arrecadações serão divulgados na próxima segunda-feira. Colaboradores receberão prêmio por participação. Ao todo, seis entidades filantrópicas são beneficiadas

O Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) e a Rádio 730 encerram à meia noite desta quinta-feira, dia 10 de junho, a edição anual de sua Campanha do Agasalho. O balanço da arrecadação, que envolveu a emissora de rádio, os quatro postos de trabalho do Instituto (Central de Processamento de Dados, Teleconsulta, Complexo Regulador e Administração), o Supermercado Pão de Açúcar e Escola de Idiomas Brasil Espanha será na próxima segunda-feira, dia 14, às 9 horas, na Central de Processamento de Dados (CPD), à Rua 10, nº 416, 1º andar, Setor Oeste, ao lado da Praça Tamandaré.

Na oportunidade serão entregues os prêmios à equipe da Central que venceu a gincana de arrecadação promovida também no Teleconsulta e no Complexo Regulador. Nestes locais, a entrega dos prêmios ocorrerá posteriormente. Além do prêmio de participação (bombons), que todos os colaboradores do Idtech receberão, sem distinção, as equipes vencedoras serão premiadas com um dia de folga para cada integrante. Os líderes das equipes campeãs ganharão, ainda, um recipiente para pipoca especial, com motivos da Copa do Mundo, para ser usado nos dias de jogos do Brasil.

Colaboradores do Idtech demostraram muita força de vontade e envolvimento. Equipes saíram às ruas divulgando a Campanha do Agasalho e, de acordo com a coordenadora técnica do Instituto, Maria Aparecida Sardinha, a parceria com a rádio 730 foi de extrema importância para incentivar a participação dos goianienses. Apesar do balanço final ainda não ter sido concluído, estima-se que foram arrecadados mais de 2 mil peças de roupas. Todas as peças foram contabilizadas e separadas conforme o tipo (calças femininas e masculinas, vestidos, blusas de frio, roupas de criança, camisetas) para atender de forma eficiente as entidades filantrópicas.

Hoje, dia 10, foram entregues cerca de 450 peças de roupas para o Grupo Pela Vidda, que presta assistência aos doentes de Aids e portadores do HIV. A entidade filantrópica foi a terceira a receber as doações da Campanha do Agasalho, que também beneficiou a Associação de Serviço à Criança Excepcional (Ascep) e Centro de Apoio ao Doente de Aids (Cada). Estão previstas ainda para a próxima semana as entregas das doações para o Abrigo São Vicente de Paulo (dia 14), Instituto Espírita Batuíra (dia 15) e Abrigo Solar Colombino Augusto de Bastos (dia 16).

Pela Vidda

Segundo o secretário Geral do Grupo Pela Vidda, Sérgio Gomes, as doações da Campanha do Agasalho vão ajudar e muito o pessoal assistido pela entidade. “São pessoas totalmente carentes. Nesta quinta-feira teremos reunião com as mulheres portadoras do HIV e já vamos fazer a entrega das roupas doadas”, diz.

A entidade distribui às famílias 150 cestas básicas, sendo 56 com alimentos para crianças também portadoras. “O coquetel de medicamentos é muito forte e é preciso que estejam bem alimentados”, explica a vice-presidente do Grupo, Liamar Alves de Oliveira. Ela conta ainda que não há remédios com solução infantil. “Certa vez, uma mãe nos procurou reclamando que o filho não queria tomar os medicamentos. Quando fomos observar, a criança tomava 22 comprimidos, a mesma quantidade que um adulto.”

Ao apresentar a entidade, Liamar esclareceu alguns mitos sobre a Aids, no qual a manifestação depende de cada organismo. Segundo ela, muitas mulheres só descobrem que são portadoras do vírus quando estão grávidas ou quando os parceiros morrem da doença. Participaram da entrega das doações os colaboradores do Idtech Sheila de Moraes (Teleconsulta); Marcos Antônio (CPD); gerente de saúde, Daísa Lessa; além do repórter da 730 Samuel Straioto.

Outra informação que surpreendeu é que o preservativo deve ser sempre utilizado, mesmo em relações sexuais entre portadores. Cada vírus tem sua característica, podendo atrapalhar o tratamento em ambos os casos. “Uma mulher não estava vendo resultados no tratamento. Após muitas avaliações, o médico descobriu que era sexo sem proteção com o parceiro também doente de Aids”, conta Liamar.

O Grupo Pela Vidda atende também adolescentes, gestantes e idosos. As reuniões ocorrem às quintas-feiras somente para as mulheres e aos sábados (neste caso, a cada 15 dias). Os interessados em trabalhar como voluntários ou fazer doações podem entrar em contato no telefone 3212-7178 ou acessar o site www.pelaviddago.org.br. A entidade, localizada na Rua 24, nº 224, Centro, conta ainda com um bazar com bonecas de pano, artesanatos, quadros e esculturas e recebe encomendas para a produção de lembranças de casamentos, nascimentos e aniversários.


Fonte: IDTECH





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700