Goiânia, 24 de abril de 2017    




Notícias

(05/07/2010) Campanha do Agasalho beneficia antiga Colônia Santa Marta

Idtech e Rádio 730 entregam doações para Centro Espírita Alan Kardec e Grupo Espírita a Caminho da Paz

Treze instituições já foram beneficiadas pela Campanha do Agasalho promovida pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) em parceria com a Rádio 730. As últimas doações foram feitas às obras do Centro Espírita Alan Kardec e Grupo Espírita a Caminho da Paz.

Na quinta-feira, dia 24 de junho, a supervisora da Central de Processamento de Dados (CPD), Alair Domiciano, e o pregoeiro Henrique Torres, entregaram mais de 700 peças de roupas e agasalhos e cobertores a cerca de 250 moradores da antiga Colônia Santa Marta, durante o tradicional momento de oração promovido semanalmente há mais de 40 anos pela Turma da Canjica. O grupo mantém os cultos e a distribuição de alimentos iniciados pioneiramente pelo professor Múcio Melo e sua mulher Elba.

As roupas doadas aos moradores da Colônia Santa Marta beneficiaram moradores da vila que fica na área anexa à instituição, hoje transformada no Hospital de Dermatologia Sanitária. Os pacientes com seqüelas mais greves usam roupas fornecidas pela unidade de saúde. Boa parte dos moradores da vila passou a vida inteira no local. São sequelados com autonomia para se locomover e que não precisam de maiores cuidados. Mas enfrentam grave situação de exclusão social, até por conta da sua trágica história de vida.

Anésia Eustáquio Braz, 62 anos, está há 41 na Colônia. Ela é mineira, mas morava em Rubiataba, interior de Goiás, quando ficou doente, aos 18 anos. Largou tudo para trás: família, amigos, sua casa. “O preconceito e o medo eram muito grandes. Eles botavam fogo na casa da gente quando descobriam que estávamos doentes”, conta dona Anésia, que tem paralisia nas pernas e anda de muletas em casa e de cadeira motorizada quando tem de sair à rua.

Ana Cândida Gonçalves, de 80 anos, chegou à Colônia com 23 anos, três meses depois de dar à luz ao seu único filho. O bebê lhe foi tirado e levado para o Preventório, um abrigo para crianças de vítimas de hanseníase. Além do filho, que só foi devolvido à sua família quando já tinha seis anos, Ana Cândida perdeu o marido. “Ele me abandonou por medo.”

Com uma leve sequela na perna, ela acabou casando-se novamente, mas não teve mais filhos. Uma senhora alegre e falante, apesar do drama que vivenciou, Ana Cândida fez questão de agradecer ao Idtech em nome do grupo de vizinhos. “Nosso sincero agradecimento a vocês. Essa ajuda é de grande importância para nós”, disse ela ao ouvir uma breve explicação sobre a campanha e sobre o Idtech dada aos presentes pela supervisora do CPD, Alair Domiciano.

No domingo, dia 26, Alair e o assessor técnico, Daniel Régis Oliveira Ribeiro, e o agente de atendimento do Teleconsulta José Carlos Fernandes dos Reis estiveram na sede do Centro Espírita à Avenida T-3, no Setor Bueno, onde foram beneficiadas cerca de 100 pessoas carentes em outra ação da Turma da Canjica. A cada 15 dias, o grupo com mais de 30 voluntários, preparam café da manhã, almoço e sorteia cestas básicas para moradores de rua e catadores de papeis.

As roupas doadas pelo Idtech e Rádio 730 foram divididas e entregues ao pessoal no mesmo domingo. De acordo com a coordenadora da Turma da Canjica, Cida Junqueira, o grupo reúne-se já há 30 anos. Além das doações, os moradores de rua e catadores de papeis assistem aulas de evangelização e palestras sobre diversos assuntos, como saúde e meio ambiente. Há também um projeto especial para o combate ao fumo, drogas e álcool.

Para o agente de atendimento José Carlos, a visita ao Centro Espírita foi uma novidade. “É interessante a união do grupo para poder ajudar as pessoas mais carentes”, disse. Ele ressaltou que este tipo de envolvimento também aconteceu durante a Campanha do Agasalho de 2010. “Mesmo quem nunca fez doações, acabou se sensibilizando e deu pelo menos uma peça de roupa. Não importa a quantidade, qualquer participação já é importante.”

No dia 23, as doações da Campanha do Agasalho foram destinadas para o Grupo Espírita a Caminho da Luz. Alair, Daniel e o agente de atendimento do Teleconsulta Zailton Vanderlei fizeram a entrega. A Instituição presta assistência a mais de 100 famílias cadastradas e divide as doações recebidas com outros grupos, com o objetivo de ajudar um número maior de pessoas carentes.

Na sede do Grupo, localizado no Bairro Santo Antônio, são ministrados cursos de costura e confeccionam enxovais para bebês, que são doados às gestantes cadastradas. Os voluntários também promovem aos sábados distribuição de sopa no setor Papillon Park. O Idtech foi recebido pelo casal Joaquim Odilon Passos e Onedi Simões Borges, que lideram o grupo. “Uma andorinha não faz verão”, ensinaram.

Fonte: ASCOM/IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700