Goiânia, 23 de outubro de 2017    




Notícias

(04/08/2010) Teleconsulta de Aparecida será inaugurado nesta quinta-feira, dia 5

Central fará o agendamento das consultas básicas por telefone, gratuitamente. População poderá ligar todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos e feriados

A população de Aparecida de Goiânia não precisará mais dormir nas filas para marcar consulta com um médico. A partir de amanhã, dia 5 de agosto, os usuários do SUS poderão fazer o agendamento com clínicos gerais, pediatras e ginecologistas por telefone, gratuitamente. Bastará ligar para o Teleconsulta – Central de Atendimento ao Cidadão, por meio do número 0800 646 1590, que estará disponível todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos e feriados, das 7 às 19 horas. O sistema é semelhante ao da Capital, que obteve êxito em seu objetivo, a humanização do atendimento.

A solenidade de inauguração será às 9h30, com a presença do prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela, e o secretário municipal de Saúde, Rafael Nakamura. Em encontro com os colaboradores que vão trabalhar como agentes de atendimento do Teleconsulta, Maguito recomendou um tratamento carinhoso e educado aos aparecidenses. “Cada um de nós temos uma parcela de responsabilidade com Aparecida. Este é um serviço digno à altura de qualquer cidadão, implantado com o que há de mais moderno”, declarou.

O Teleconsulta – Central de Atendimento ao Cidadão visa a humanização do atendimento. A população poderá fazer o agendamento da consulta de forma confortável, sem precisar perambular pelas unidades de saúde em busca de vagas. Por telefone, o usuário saberá exatamente a data, horário, a unidade de saúde e o nome do médico que o atenderá. Porém, é esperada uma sobrecarga do serviço nas primeiras semanas. Em Aparecida de Goiânia há uma demanda reprimida, visível pelo tamanho das filas. Será preciso o apoio da comunidade e da imprensa para que a mudança no sistema de agendamento de consultas funcione corretamente em curto prazo.

No momento da ligação, o usuário deverá ter em mãos o comprovante de endereço, carteira de identidade e cartão SUS. O sistema do Teleconsulta, o Call Med, abrirá um cadastro com as informações e fará uma busca virtual por três unidades de saúde mais próximas do endereço fornecido, para que o usário seja atendido o mais perto possível de sua casa. A busca virtual aumenta em três vezes as chances de agendamento da consulta na rede pública.

No Teleconsulta, os Estatutos do Idoso e da Criança e do Adolescente são seguidos à risca. Portanto, idosos, crianças e gestantes são atendidos primeiro. Gestantes e quem apresenta sintomas que implicam maior risco, também. Os pacientes são distribuídos por ordem de prioridade (1,2 e 3) e são atendidos em 24 horas, 48 horas ou no máximo em 7 dias. As consultas de retorno também poderão ser agendadas pela Central. Neste caso, o usuário deverá telefonar no dia próximo a data recomendada ou quando os exames estiverem prontos. Sempre que possível, o retorno é agendado com o médico responsável pela primeira consulta.

Contrato de Gestão – A implantação do Teleconsulta em Aparecida é fruto de um contrato de gestão entre a Prefeitura Municipal e Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), organização social, sem fins lucrativos, que também gerencia o serviço em Goiânia. A tecnologia patenteada pelo Idtech foi recomendada pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão e é referência no País. Ficou entre os semifinalistas do Prêmio ODM Brasil, do governo federal em parceria com o Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (Pnud), e foi o único representante de Goiás na Mostra Internacional de Tecnologias Sustentáveis do Instituto Ethos, os dois últimos, em 2010

Estrutura – O Teleconsulta de Aparecida terá 20 posições de atendimento, ou seja, tem a capacidade de atender 20 ligações simultâneas ou até 3.334 ligações por dia, considerando um tempo médio de 4 minutos por chamada. São 40 agentes de atendimento divididos em dois turnos. Eles passaram por um rigoroso processo de seleção e um treinamento sobre o Sistema Único de Saúde, a Rede Municipal de Saúde e as doenças mais prevalentes na população. Os agentes de atendimento trabalharão sob a supervisão de um médico e dois enfermeiros.


Fonte: ASCOM/IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700