Goiânia, 18 de dezembro de 2017    




Notícias

(06/08/2010) Teleconsulta supera expectativa de agendamento no 1º dia

Inaugurado pelo prefeito Maguito Vilela e secretário municipal de Saúde, Rafael Nakamura, o serviço agendou mais de 1,5 mil consultas

Inaugurada nesta quinta-feira, dia 5 de agosto, pelo prefeito Maguito Vilela, e pelo secretário municipal de Saúde, Rafael Nakamura, a Central de Atendimento ao Cidadão – Teleconsulta de Aparecida de Goiânia já está em pleno funcionamento. Foram agendadas mais de 1,5 mil consultas nas especialidades básicas de clínico geral, pediatria, ginecologia e obstetrícia. O número superou a expectativa prevista para o primeiro dia. A capacidade da rede municipal informada pela Secretaria Municipal de Saúde é de 20 mil consultas por mês, o que corresponderia a uma média diária de 740 agendamentos.

Essa grande procura era esperada, em função da demanda reprimida visível nas filas que se formavam todos os dias nas portas das unidades de saúde. A coordenação do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), organização social parceira da Secretaria Municipal de Saúde que projetou, estruturou e gerencia o Teleconsulta, acredita que, em função dessa demanda reprimida, haverá sobrecarga de ligações e pede a cooperação e compreensão da comunidade para que o serviço possa atingir os melhores resultados. O usuário pode ajudar evitando ligar nos horários considerados de pico, que vão das 7 às 10 horas da manhã, considerando que o serviço está à disposição dos usuários em todos os dias da semana, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

A inauguração do Teleconsulta coincidiu com o Dia Nacional da Saúde. Embora tenha começado a operar às 7 horas da manhã, a Central foi declarada oficialmente entregue à população por volta de 10h40, quando o prefeito Maguito Vilela, depois de descerrar a placa de inauguração,atendeu a ligação da moradora Clécia Silva da Mata, do Pontal Sul, e explicou como funcionará o serviço.

Em seu discurso, Maguito Vilela destacou a mobilização da administração para humanizar o atendimento no município. “Esse foi o primeiro passo para acabar com as filas nas unidades de saúde, e o desconforto da espera , que eram uma humilhação para o nosso povo”, ressaltou. “Além do Teleconsulta, queremos inaugurar ainda este mês o AME (Ambulatório Médico Especializado), que será uma extensão desse atendimento moderno. Entregamos também há pouco o Samu; temos uma UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) em construção e outra sendo licitada. Enfim, as ações previstas para a saúde são muitas”, enumerou.

O secretário de Saúde de Aparecida, Rafael Nakamura fez de seu pronunciamento um desabafo. “Muitas vezes recebo críticas pela forma como trabalho, por não ficar sempre à disposição para atender a comunidade em meu gabinete. Mas buscar verbas em Brasília e procurar estar junto aos técnicos, em campo, para estudar soluções para os problemas também é importante”, assinalou. Rafael Nakamura frisou que não ele, mas o resultado do seu trabalho é que precisa aparecer para a população.

Na opinião do secretário, a Saúde de Aparecida de Goiânia nunca foi tratada com a seriedade com que está sendo tratada agora. Rafael Nakamura lembrou que Maguito Vilela, desde o início de sua gestão, utilizou critérios técnicos para nomear os titulares da pasta, ocupada anteriormente pelo médico Cairo Louzada, que morreu vítima de câncer. “O doutor Cairo Louzada iniciou esse trabalho, que agora tenho a satisfação de continuar. É muito gratificante ver os resultados aparecerem”, assinalou ele, referindo-se às melhorias já atingidas pela atual administração.

Cerca de 200 pessoas acompanharam o lançamento oficial do Teleconsulta, entre autoridades municipais, funcionários da rede municipal de Saúde, líderes comunitários, população e imprensa. A solenidade foi conduzida pelo jornalista da TV Serra Dourada, Jordevá Rosa. Participaram ainda a secretária-executiva da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) de Saúde, Lirce Lamounier, que na ocasião representou a secretária estadual de Saúde, Irani Ribeiro; e o secretário de Saúde de Goiânia, Paulo Rassi, que recebeu uma placa de homenagem do prefeito Maguito Viela. Ontem, ele comemorou quatro anos de instalação do mesmo serviço na capital.

O Idtech foi representado na solenidade pela sua coordenadora técnica, Maria Aparecida Sardinha. Ela lembrou-se do drama dos usuários do Sistema Único de Saúde que madrugavam nas filas, ao qual se mostrou sensível a administração municipal. “A prefeitura buscou parceria do Idtech para resolver esse problemas e é com grande satisfação que aceitamos enfrentar esse desafio junto ao município de Aparecida de Goiânia.”

TELECONSULTA – Com o início do funcionamento do Teleconsulta, 74% dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Aparecida poderão agendar as consultas básicas eletivas de clínica médica, pediatria, ginecologia e obstetrícia, pelo telefone 0800 646 1590, sem precisar se dirigir às unidades de saúde do município e com muito mais agilidade.

Os demais 26% da população, que residem em área de cobertura da Estratégia Saúde da Família, continuarão a agendarem as suas consultas de ordem presencial, nas próprias unidades básicas. Tão logo as referidas unidades estejam dentro de critérios tecnológicos e liberadas pela empresa fornecedora dos serviços de telefonia e dados do Município para ter acesso ao link de dados, necessário para o funcionamento do Teleconsulta, os usuários poderão agendar suas consultas também através do 0800 646 1590.

A previsão é a de que sejam agendadas mensalmente 20 mil consultas básicas não-emergenciais de clínica médica, ginecologia e obstetrícia e pediatria por mês. Os pacientes terão seus agendamentos feitos por ordem de prioridade, sendo atendidos em 24 horas, 48 horas ou em sete dias no máximo. A Central de Atendimento ao Cidadão funcionará todos os dias da semana, das 7 às 19 horas, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

O sistema será operado por 40 agentes de atendimento, todos de Aparecida, divididos nos turnos matutino e vespertino. A Central tem capacidade para atender 3.334 ligações por dia considerando um tempo médio de quatro minutos por chamada.

O Teleconsulta possibilitará maior controle da agenda dos médicos, dos serviços prestados pela rede municipal e de sua utilização pelos pacientes, além da garantir que sejam realmente direcionados aos moradores de Aparecida de Goiânia, uma vez que a Central aceita apenas ligações de telefones instalados no município.

Fonte: ASCOM/IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700