Goiânia, 27 de maio de 2017    




Notícias

(14/09/2010) Projeto Solidariedade. ponto.com alivia dia de tratamento às crianças com câncer

Em comemoração aos cinco anos de fundação, Idtech promove atividade de inclusão digital no Hospital Araújo Jorge. Mais de 450 internautas enviaram mensagens pelo Twitter para os pacientes

Com apenas oito anos, Fábia Isadora mostrou que é uma grande guerreira. Há cinco anos luta contra o câncer no cerebelo, encarando um pesado tratamento no Hospital Araújo Jorge. Mas, na última sexta-feira, 10 de setembro, ela e outras 15 crianças e adolescentes também portadores de câncer, tiveram um dia diferente durante a sessão de quimioterapia. Enquanto recebiam os remédios, os pequenos pacientes se divertiram com jogos e internet nos computadores do projeto Solidariedade.ponto.com, desenvolvido em comemoração aos cinco anos do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech).

Além de beneficiar as crianças, o projeto trouxe alívio às famílias. A mãe de Fábia Isadora, Daslei Alves da Silva, disse que durante o tratamento a filha não conversa, fica com vergonha e às vezes chora durante todo o dia. No dia da realização do Solidariedade.ponto.com, ela esteve mais tranquila, se distraindo com os jogos virtuais. “É importante porque eles ficam entretidos”, afirmou. De Piracanjuba, a dona de casa precisa trazer a filha para Goiânia todos os meses para tomar os medicamentos por pelo menos três dias.

A oncopediatra Patrícia Carneiro Brito considerou o projeto Solidariedade.ponto.com excelente para que as crianças, que estão longe de suas casas, tenham um dia com mais alegria. “A atividade ajuda muito para trazer o convívio social dos pacientes, que precisam ser tratados primeiramente como um ser humano normal que luta contra uma doença.”, disse.

Em vez de passarem o dia em macas, as crianças e os adolescentes usaram os seis computadores disponíveis para brincar, ver vídeos e ter noções básicas de informática. Participaram do projeto colaboradores do Idtech que se revezaram como monitores da turma. As crianças receberam um cartão e uma maçã para o lanche. Victor Gabriel, de apenas três anos, teve o primeiro contato com o computador durante a sessão quimioterápica. A mãe, Maria José do Carmo, disse ter ficado feliz com a iniciativa. “É muito bom para ele brincar mesmo dentro do hospital.”

Durante todo o dia, foi promovido um “Twittaço do Bem” para que os internautas do Twitter enviassem mensagens positivas aos pacientes do Hospital Araújo Jorge. O @idtechorg recebeu mais de 450 posts com palavras de amor e esperança e que ajudaram a divulgar o projeto solidariedade.ponto.com. As mensagens enviadas eram transmitidas instantaneamente a um monitor de 22 polegadas, a todos que estavam na sala de quimioterapia.

As mensagens ainda podem ser vistas no hotsite do Idtech, no endereço www.idtech.org/solidariedade. Os posts enviados pelos internautas serão impressos e entregues aos pacientes para que levem as palavras de carinho também para casa. De acordo com o assessor de Tecnologia de Informação do Idtech, Adonai Andrade, o projeto solidariedade.ponto.com terá continuidade. “Está prevista a realização de seis edições por ano em diferentes instituições de saúde, ou seja, a cada dois meses”, diz.

Continuidade

Os coordenadores executivo e administrativo e financeiro, José Cláudio Romero e Lúcio Dias Nascimento, foram convidados para conhecer a ala pediátrica do Hospital Araújo Jorge. Eles ficaram impressionados com os resultados da reforma feita a partir de doações do Mc Dia Feliz e do Tribunal Regional de Trabalho. As salas estão mais iluminadas, bem equipadas e decoradas com temas infantis, deixando o ambiente mais agradável e mais acolhedor.

A psicóloga Patrícia Gramacho afirmou que já foi realizado um projeto que desenvolveu um jogo em 3D, onde os pré-adolescentes e adolecentes enfrentavam desafios associados à realidade em que estavam passando. Porém, o projeto teve de ser interrompido por conta da falta de voluntários.

Os coordenadores do Idtech, entusiasmados com os resultados do projeto solidariedade.ponto.com, vão propor aos fornecedores e parceiros do Instituto a contribuição para montar um laboratório de informática definitivo na sala de tratamento quimioterápico. Portanto, quem tiver interesse em colaborar, entre em contato pelo e-mail contato@idtech.org.br ou pelo telefone 3209-9700.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700