Goiânia, 24 de outubro de 2017    




Notícias

(07/10/2010) Tecnologia do Teleconsulta deve ser exportada para o Rio Grande do Sul

Comitiva do município de Canoas veio conhecer de perto o serviço de agendamento de consultas por telefone. Intenção da prefeitura da cidade é implantar o sistema ainda em 2011

A tecnologia e o know how da Central de Atendimento ao Cidadão – Teleconsulta, serviço de referência em qualidade no agendamento de consultas por telefone para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) implantando pioneiramente em Goiânia, deve, em breve, ultrapassar as fronteiras do Estado.

Uma comitiva de técnicos da Secretaria Municipal de Saúde de Canoas, cidade com mais de 330 mil habitantes localizada no interior do Rio Grande do Sul esteve em Goiânia para conhecer de perto o funcionamento do sistema idealizado pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech).

O Teleconsulta já havia sido apresentado ao município no início de setembro, em visita que uma equipe do Idtech fez à cidade a convite da Prefeitura local. Estiveram em Goiânia a diretora de Políticas e Ações de Saúde, Mirian Camargo, assessora de gabinete da Secretaria Municipal de Saúde, Luísa Capilheira; e a responsável pelo Setor de Informática, Débora Braun Wunsch.

Durante a visita, os técnicos conheceram também outros projetos do Idtech na área de Saúde, como o Ambulatório Médico Especializado (AME) e a Central de Regulação (Pró-Reg), implantados em Aparecida de Goiânia. A equipe visitou ainda os Centros de Atendimento Integral à Saúde (Cais) Nova Era, em Aparecida, e o CIAMS do Jardim América, em Goiânia.

A intenção da Prefeitura é implantar o Teleconsulta em Canoas já em 2011. "O sistema é muito simples e prático. É uma ótima ferramenta de gestão. Atende as determinações do SUS nas questões de acessibilidade e de humanização do atendimento", disse a diretora de Políticas e Ações de Saúde, Mirian Camargo. Além do sistema de teleagendamento, Canoas tem interesse em reorganizar o atendimento médico especializado.

A diretora destacou a eficiência para controlar a produtividade dos médicos por meio do sistema patenteado pelo Idtech. “Estabelecemos uma meta de número de consultas de acordo com a carga horária de cada médico. Entretanto, só temos conhecimento se o profissional faltou no final do mês, quando chega o relatório. O Teleconsulta possibilita a emissão de relatórios em tempo real”, explica. Segundo ela, com essas informações, o paciente não ficará perdido na unidade de saúde, sem uma resposta sobre a falta de atendimento.

A responsável pelo Setor de Informática, Débora Braun, ficou admirada com a estrutura tecnológica do Instituto. “É uma tecnologia avançada. Em Canoas, apesar das melhorias nos últimos meses, ainda é precária”, relata. A prefeitura canoense pretende aproveitar a implantação do Teleconsulta para aumentar o número de equipes da Estratégia da Saúde da Família, que ainda é reduzido por falta de profissionais, de acordo com a assessora Luísa. “O teleagendamento é parte do plano de metas deste segundo semestre, implantado pelo prefeito e pela secretária de saúde, Beth Colombo”

Devido a semelhança entre Canoas e Aparecida no número de habitantes e por se encontrarem habilitados em Gestão Plena do Sistema Municipal de Saúde, a comitiva participou de uma reunião com o secretário municipal de Saúde, Rafael Nakamura, e a superintendente de atenção integral à Saúde, Márcia Canuto. Os gestores aparecidenses contaram a experiência da implantação dos serviços gerenciados pelo Idtech. A principal dúvida foi em relação aos trâmites legais e ao impacto gerencial nas unidades. “Parabenizamos Aparecida, pois nós sabemos que não é fácil mudar toda uma cultura no atendimento”, elogiou a diretora de Políticas e Ações na Saúde, Mirian.

Canoas

Durante a passagem da equipe do Idtech por Canoas, o prefeito Jairo Jorge ressaltou que o governo municipal não está medindo esforços para melhorar a saúde. Somente na área da atenção básica são cerca de 150 profissionais. Para melhorar as condições de atendimento, recentemente quatro unidades de pronto-atendimento, em regiões estratégicas, foram reestruturadas. São 21 postos de saúde voltados para atendimento básico, sendo que 12 são da Estratégia Saúde da Família.

Canoas – O município fica na região metropolitana de Porto Alegre e tem o segundo maior PIB do Rio Grande do Sul. Além dos postos de saúde, possui também um Centro de Especialidades Médicas, um hospital municipal, um hospital de pronto socorro, duas unidades que prestam atendimentos a convênios e particulares, Hospital Santa Tecla, Centro Clínico e o Hospital da Base Aérea que presta atendimento apenas a associados.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700