Goiânia, 14 de dezembro de 2017    




Notícias

(07/12/2010) Teleconsulta de Aparecida de Goiânia fez 92,7 mil agendamentos em 120 dias

Implantado com o objetivo de acabar com as filas de marcação de consultas não-emergenciais, além de organizar e melhorar o aproveitamento da rede de atenção básica

A Central de Atendimento ao Cidadão – Teleconsulta de Aparecida de Goiânia completou neste dia 5 de agosto, domingo, 120 dias de funcionamento. Inaugurado no dia 5 de agosto com o objetivo de humanizar o agendamento de consultas não-emergenciais, além de organizar a rede de atenção básica, o serviço vem cumprindo seu papel. As consultas de Clínica Médica, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia e da Estratégia de Saúde da Família (antigo PSF) são marcadas com conforto pelo telefone 0800 646 1560 e a informatização da agenda tem permitido ganhos que resultaram no melhor aproveitamento da capacidade de produção da rede de atenção básica.

No período foram agendadas 88.678 consultas, sendo 28.076 de Clínica Médica, 21.554 com médico generalista (ESF), 20.823 de Ginecologia e Obstetrícia e 18.225 de Pediatria. Tem sido observada umatendência de crescimento no número mensal de agendamentos (ver quadro). Importante ressaltar que houve decréscimo de sete médicos no efetivo do primeiro para o terceiro mês de funcionamento e um incremento de 13 profissionais do terceiro para o quarto mês, isso nas unidades convencionais. Com 40 dias de funcionamento, em 15 de setembro, o Teleconsulta incorporou o agendamento de consultas ofertadas pelas 22 unidades de saúde da Estratégia de Saúde da Família (ESF). Com a integração das 33 equipes, o número estimado de usuários da Central aumentou em 124 mil. Foram acrescidas semanalmente à agenda padrão 2.640 mil consultas.

A implantação do Teleconsulta resultou em ganhos importantes para a rede municipal. Com a central, todas as unidades de saúde foram informatizadas e conectadas a internet. O serviço também permitiu o mapeamento da capacidade real de produção da rede municipal. Hoje é possível saber exatamente e em tempo real, quantos médicos estão em atuação, quantos atendimentos eles realizam, quantos faltaram ao trabalho e se há excedente ou déficit de vagas de consulta. Isso permite um melhor planejamento do atendimento prestado.
É importante ressaltar que o agendamento de consultas, antes feito de forma aleatória, com controle manual e precário, agora segue um padrão de excelência em qualidade que considera o perfil do usuário.

A consulta é marcada gratuitamente, pelo telefone 0800 646 1590, de qualquer telefone fixo (inclusive orelhão) para 24 horas, 48 horas ou no máximo uma semana. Têm prioridade os usuários com preferência assegurada em lei, como idosos e crianças e adolescentes, gestantes e pacientes com sintomas considerados de risco. O Teleconsulta cumpre os Estatutos do Idoso e da Criança e do Adolescente.

Algumas dificuldades foram e ainda estão sendo enfrentadas pelo serviço, que é intermediário, ou seja, não interfere na contratação de médicos e nem diretamente no funcionamento da unidade de saúde. O Município de Aparecida de Goiânia está enfrentando um déficit no número de médicos e não consegue contratar profissionais. Com isso, as vagas estão insuficientes para a demanda. Conforme já explicou o secretário Rafael Nakamura, esta época não está propícia às contratações em função do fato de que a maioria dos médicos está envolvida em processos seletivos para cursos de residência médica. A solução definitiva para o problema, conforme o secretário, é o concurso público, que está programado para o ano que vem.

A organização da rede, para que o atendimento seja ágil e eficiente, é outra dificuldade que tem gerado a insatisfação do usuário. Ele faz o agendamento da consulta de forma satisfatória, com conforto, mas acaba enfrentando problemas quando chega à unidade de saúde, como demora na localização de prontuários e médicos que não comparecem para atender. Essa organização é um processo lento, que precisa ser construído junto com as equipes. Para auxiliar nas mudanças, a Secretaria Municipal de Saúde criou o cargo de supervisor técnico operacional, que recebem os usuários, organizam o sistema de atendimento na recepção e atuam de forma conjunta com os diretores na sensibilização e na motivação dos profissionais médicos, quando ao cumprimento da carga horária e dos horários de trabalho.

Outra dificuldade que perdura e que pode ser resolvida com a colaboração dos meios de comunicação é persistência de uma cultura entre os usuários de procurar o serviço pela manhã, entre 7 e a0 horas, sempre no início da semana. Isso gera sobrecarga e dificuldade em falar na Central. É importante ressaltar que o Teleconsulta atende das 7 às 19 horas, todos os dias da semana, incluindo sábados, domingos e feriados. A divulgação dessa informação é importante para que o serviço funcione cada vez melhor e possa atender a todos com excelência e qualidade.

Fonte: ASCOM/IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700