Goiânia, 22 de outubro de 2017    




Notícias

(08/12/2010) Crianças e jovens do Corae terão dia de inclusão digital

Segunda edição do Projeto Solidariedade.ponto.com montará laboratório de informática para que alunos aprendam e divirtam. Usuários do Twitter poderão participar

O Projeto Solidariedade.ponto.com promoverá um dia diferente às crianças e jovens atendidos pelo Centro de Orientação, Reabilitação e Assistência ao Encefalopata (Corae). Na quinta-feira, 9 de dezembro, das 8 às 17 horas, um laboratório de informática será montado para que possam aprender e divertir com jogos e internet. Será a segunda edição do projeto desenvolvido pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), que tem como objetivo promover a inclusão digital e a socialização de pacientes de unidades de saúde.

Os usuários do Twitter poderão participar do Projeto Solidariedade.com por meio do “twittaço do bem”. Basta enviar mensagens para @idtechorg, com palavras positivas, incentivando a luta dos portadores de encefalopatia e síndromes correlatas e de suas famílias. As postagens serão transmitidas por um monitor e publicadas em um livreto que será entregue à entidade.

O Projeto Solidariedade.ponto.com está sendo realizado em comemoração aos cinco anos do Idtech. Serão seis edições. Esta é a última deste ano. A primeira ocorreu em setembro, na pediatria do Hospital Araújo Jorge, referência para a Região Centro-Oeste no tratamento de câncer.Durante a sessão de quimioterapia, um momento difícil para os pacientes, as crianças e adolescentes puderam se distrair usando os computadores. Elas foram encorajadas pelas mais de mais de 450 mensagens de amor, força e esperança enviadas no “twittaço do bem”.

Os efeitos benéficos da atividade foram ressaltados por toda a equipe de saúde. De acordo com enfermeiros que acompanham as sessões, os efeitos colaterais foram sentidos com intensidade muito menor. Tanto que o Hospital reivindicou a permanência do laboratório de informática no local em definitivo.

Corae
O Corae atende 313 pacientes com dificuldades motoras e distúrbios associados. Fundado em 1972 por um grupo de mães em busca do desenvolvimento dos seus filhos, o centro de reabilitação conta com uma equipe multidisciplinar com profissionais nas áreas da fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, serviço social, odontologia, entre outros. Também são realizados atendimentos médicos, com especialistas da neuropediatria, pediatria e neuropsiquiatria.

Após firmar contrato com a Secretaria Municipal de Educação, o Corae implantou uma escola, que trabalha com uma pedagogia especial para a alfabetização. A instituição funciona na Avenida T-03, no Setor Bueno, mantida por convênios e parcerias com órgãos do governo e município, além de doações.


Fonte: ASCOM/IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700