Goiânia, 18 de dezembro de 2017    




Notícias

(17/01/2011) Equipe do AME coloca em prática estratégia para aumentar oferta de consultas especializadas

Expectativa é tornar mais ágil o atendimento de usuários que aguardam consultas em várias especialidades. Mais de 100 vagas serão disponibilizadas nas próximas semanas para consultas de cardiologia

Uma equipe de 20 colaboradores, entre os quais seis enfermeiras e cinco agentes de atendimento, passou o sábado, dia 15 de janeiro, no Ambulatório Médico Especializado (AME), atualizando o cadastro de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Aparecida de Goiânia no banco de dados do Complexo Regulador de Goiânia. São pessoas encaminhadas por médicos da rede básica de saúde do município para consultas especializadas. Todas foram cadastradas pela Central de Consultas do AME, que acompanhará o agendamento, o controle e o atendimento na capital. A medida está sendo adotada para dar vazão à demanda reprimida que o AME, sozinho, não consegue absorver.

O AME conta com 51 especialistas de 19 áreas diferentes da Medicina. Com 13 consultórios climatizados e especialmente planejados, a unidade funciona das 7 às 22 horas, mas, em várias especialidades, não consegue oferecer vagas suficientes devido ao déficit de profissionais existentes na rede municipal de saúde. A solução, nesses casos, é a regulação desses usuários para serviços conveniados ou contratados no próprio município ou na capital. Com o cadastramento dos usuários no banco de dados do Complexo Regulador de Goiânia, ficará mais fácil e ágil o agendamento de consultas com especialistas da capital. As áreas de endocrinologia, dermatologia, neurologia, proctologia e psiquiatria foram contempladas com a medida.

Para absorver a demanda de cardiologia, que também é uma das especialidades com maior número de pacientes, a Secretaria Municipal de Saúde e o AME, em parceria com o Hospital São Bernardo, disponibilizarão mais de 100 consultas, com retorno fidelizado aos pacientes. O Hospital São Bernardo é referência em cardiologia para o atendimento de média e alta complexidade aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) do município.

O trabalho realizado no último sábado é só uma das ações que vem sendo implementadas pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) e a Secretaria Municipal de Saúde desde a inauguração do Ambulatório Médico Especializado (AME) com o objetivo de melhorar e agilizar ainda mais o atendimento em Aparecida. O Idtech é a Organização Social responsável pelo projeto, estruturação e gerenciamento do AME e também da Central de Atendimento ao Cidadão - Teleconsulta, que realiza o agendamento de consultas básicas não-emergenciais de clínica médica, pediatria e ginecologia e obstetrícia. Ambos os serviços são administrados por meio de contrato de gestão com a Prefeitura Municipal e entraram em funcionamento no mês de agosto de 2010.


Fonte: ASCOM/IDTECH








ARQUIVOS ASSOCIADOS:






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700