Goiânia, 18 de novembro de 2017    




Notícias

(21/01/2011) Curso de gastronomia de Nova Veneza traz boas expectativas aos participantes

Aulas serão ministradas até o dia 12 de fevereiro, numa promoção da Prefeitura em parceria com o Idtech. O apoio é do Ministério de Ciência e Tecnologia

Realizado no mês de maio, o Festival Gastronômico de Nova Veneza promete surpresas na edição deste ano, a 7ª do evento. Novas receitas de massas, carnes, saladas e sobremesas estão sendo ensinadas desde o dia 11 de janeiro em um Curso de Gastronomia que está sendo promovido pela prefeitura municipal em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech). O curso visa ainda incrementar o turismo gastronômico local ao longo do ano.
O programa do curso inclui desde habilidades básicas até a elaboração de cardápios completos, com entradas, pratos principais e sobremesas. Estão sendo exploradas receitas da cozinha italiana e brasileira. A primeira etapa ficou a cargo da professora Patrícia Miotto, descendente de italianos, professora da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-Goiás). A segunda será de responsabilidade do chef Wilian Mateus, professor do Instituto de Gastronomia (IGA), que tem formação inglesa.
A proposta da Prefeitura, de incentivar o turismo gastronômico no município está deixando animados os moradores da cidade. Anderly Martins, de 49 anos, empregada doméstica, cozinha desde criança e viu no curso de gastronomia uma oportunidade para buscar a realização de um sonho: abrir seu próprio restaurante. Pensando no futuro estabelecimento, ela trouxe a filha, Fernanda Rodrigues Martins, de 18 anos, para participar também. “Estou gostando muito!”
Mas o curso vem estimulando mesmo as pessoas que não tem nenhuma pretensão de se tornarem comerciantes do ramo. Algumas delas vêem nas aulas uma porta para o conhecimento, outras, para a solidariedade ao próximo.
Oliveiros Pires de Almeida, 52 anos, funcionário público e vereador, explica porque decidiu se aventurar pela culinária: “O saber não ocupa espaço e tudo que você aprende pode ser útil algum dia”, diz ele e comprova. “Quando era mais jovem e morava com minha mãe, ela ficou doente e tive de cozinhar. Minhas experiências não foram bem sucedidas. Uma vez tentei preparar uma galinhada caipira e refoguei a galinha junto com o arroz. Um cozinhou e o outro não, claro! Outra vez fritei o macarrão sem estar pré-cozido. Tive de jogar fora”, diz Oliveiros com bom humor.
Célia dos Santos Seabra Silva, 61 anos, enxerga no curso a possibilidade de se aperfeiçoar na arte de fazer o bem. “Faço parte de uma equipe da igreja que prepara comida na Festa da Padroeira e em casamentos de pessoas da comunidade. Trabalhamos como voluntários e participando do curso, posso fazer melhor”, diz ela que é um exemplo de força de vontade e desprendimento. Ajuda as pessoas mesmo estando em tratamento pela segunda vez de câncer de mama. “Na cozinha, ajudando as pessoas renovo minha esperança na vida!”
Em seis edições, o Festival Gastronômico de Nova Veneza tomou uma proporção nunca imaginada pelos 8.130 habitantes do pequeno município a 28 quilômetros de Goiânia. São mais de 200 mil turistas em quatro dias de festival, movimentando mais de R$ 1 milhão na economia local. “O Festival Gastronômico de Nova Veneza é considerado um dos maiores eventos de gastronomia de Goiás e da região Centro-Oeste. A capacitação será de uma importância muito grande para oferecer um serviço de qualidade aos turistas”, diz o prefeito Luiz Antônio Stival.

Fonte: IDTECH








GALERIA DE IMAGENS DO CONTEÚDO:

  • Curso de gastronomia de Nova Veneza traz boas expectativas aos participantes
  • Curso de gastronomia de Nova Veneza traz boas expectativas aos participantes
  • Curso de gastronomia de Nova Veneza traz boas expectativas aos participantes





IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700