Goiânia, 12 de dezembro de 2017    




Notícias

(04/02/2011) Teleconsulta de Goiânia registra alta de 22% nos agendamentos

Com a redução de profissionais do PSF em janeiro, serviço deu assistência à população. Usuários do Ipasgo também podem ter ido para a rede pública de saúde

A Central de Atendimento ao Cidadão - Teleconsulta de Goiânia iniciou o ano de 2011 com aumento de 22% nos agendamentos, comparado a dezembro. Em janeiro foram marcadas 67.618 consultas com clínicos gerais, ginecologistas e obstetras e pediatras. O crescimento da demanda na rede deve-se a dois fatores: inclusão das equipes do Programa da Saúde da Família (PSF) desprovidas de profissionais médicos e não atendimento de alguns prestadores do Ipasgo.

Apesar do Teleconsulta de Goiânia não agendar consultas nas áreas de abrangência do PSF, o serviço deu socorro aos usuários que sofreram com falta de médicos nas unidades da Saúde da Família. Por motivo de férias ou afastamento, em janeiro houve um déficit de 49 médicos nas 169 equipes de PSF existentes no município. Isso significa um aumento de aproximadamente 196 mil usuários inseridos no sistema do Teleconsulta.

Quanto ao Ipasgo, é possível que a suspensão de atendimento por parte dos prestadores em razão dos atrasos de pagamentos, tenha forçado os segurados a usar a rede pública de saúde. Mesmo com 44 profissionais de férias em janeiro e redução de 2,2% no quadro de médicos comparado a dezembro de 2010, o Teleconsulta conseguiu promover um bom aproveitamento das vagas, ampliando a capacidade produtiva das unidades de saúde.

Janeiro teve um ótimo resultado, sendo na história do Teleconsulta o segundo mês com maior número de agendamentos. Só perdeu para março de 2010, quando foram marcadas 72.553 consultas. O mês passado registrou aumento de 14,2% em comparação ao mesmo período de  2010 e um recorde nesta base de comparação. O agendamento na rede básica por meio telefone ultrapassou a marca de 3 milhões, desde quando o serviço foi implantando, em 2006.

As unidades de saúde com a maior demanda foram o Cais Cândida de Morais (5.427), o Ciams Jardim América (3.801) e Cais Bairro Goiá (3.555). Em relação às especialidades médicas, a clínica médica foi mais visada, com 54,51% dos agendamentos, seguido pela pediatria (24,54%) e ginecologia e obstetrícia (20,95%). Importante lembrar que o Teleconsulta (0800 646 1560) não faz marcação de consultas com especialistas fora da atenção básica.

Os atendimentos do Projeto Nascer Cidadão, responsável pelo agendamento da primeira consulta pós parto da mãe e do bebê nas unidades conveniadas ao SUS, somaram a 174 no total. Foram 85 parturientes e 89 recém-nascidos. Além do agendamento, as visitadoras do Projeto fotografam os primeiros momentos de vida da criança, uma forma de humanizar ainda mais o atendimento. As fotos são enviadas por correio, junto com o álbum do bebê, que contém informações valiosas sobre os cuidados com o recém-nascido.

Fonte: ASCOM/IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700