Goiânia, 24 de setembro de 2017    




Notícias

(06/05/2011) Vereador Manoel Nascimento confere trabalhos do Ambulatório Médico Especializado

Representante da Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia esteve no AME no dia 3 de maio, quando também conversou com os usuários para saber as impressões do serviço

O vereador Manoel O vereador Manoel Nascimento Macedo (PSDB) conferiu os trabalhos do Ambulatório Médico Especializado (AME) na última terça-feira, 3 de maio. Recepcionado pelo gerente da unidade de saúde, Antônio Manicardi, o representante da Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia disse ter aprovado o serviço, voltado para o atendimento de 20 diferentes especialidades médicas. Ele recebeu informações sobre o funcionamento da unidade, o contrato de gestão entre a Prefeitura Municipal e o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), e os procedimentos para a efetivação da consulta, entre outros assuntos.

A visita extra-oficial do vereador foi iniciada com uma explanação geral feita pelo gerente Antônio Manicardi, sobre o funcionamento do Ambulatório Médico Especializado. Para o usuário ter acesso à consulta com o médico especialista é preciso primeiro que agende uma consulta com clínico geral, ginecologista ou pediatra por meio do Teleconsulta. O médico da atenção básica faz o encaminhamento, se necessário, para o especialista. Então, a unidade de saúde comunicará a Central de Vagas do AME, que, por sua vez, entrará em contato com o usuário por telefone, agendando a consulta especializada.

Ele aproveitou a visita para questionar sobre a renumeração dos profissionais médicos e também sobre os equipamentos e mobiliários do AME. O gerente da unidade explicou que cerca de seis médicos são servidores diretos da Prefeitura Municipal e que o restante são credenciados pelo SUS, sendo renumerados por produtividade. Quanto ao patrimônio do Ambulatório, foi esclarecido que os móveis, equipamentos médicos, computadores, entre outros, pertencem à Prefeitura e, com o fim do contrato de gestão entre administração municipal e Idtech, permanecem com o poder público municipal.

Em conversa com os usuários, Manoel Nascimento Macedo verificou qual é o tempo médio de espera para uma consulta especializada. Alguns usuários conseguiram agendar em seis dias e outros somente em dois meses. A média é de 14 dias, entretanto, para algumas especialidades como neurologia, psiquiatria, endocrinologia e reumatologia, existe uma dificuldade na contratação de profissionais. O problema, aliás, é recorrente em todo o País. Em Aparecida, a pactuação com a Capital tem permitido desafogar esta demanda.


Fonte: IDTECH





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700