Goiânia, 25 de abril de 2017    




Notícias

(10/08/2011) Teleconsulta é finalista do Prêmio E-GOV

Sistema de teleagendamento de consultas para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) é único projeto de Goiás entre os 20 escolhidos entre 76 inscritos no prêmio, promovido pela Abep e Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

A Central de Atendimento ao Cidadão – Teleconsulta, serviço da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia projetado, estruturado e gerenciado por meio de contrato de gestão pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) é um dos finalistas do Prêmio E-GOV 2011. A premiação será no dia 31 de agosto, em Porto de Galinhas-Ipojuca, Pernambuco, durante o 39º Seminário Nacional de Tecnologia da Informação e Comunicação para a Gestão Pública - SECOP 2011.

O Prêmio E-GOV foi criado em 2002, pela Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação - ABEP, e pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Entregue anualmente, desde então, tem como objetivo reconhecer e incentivar o desenvolvimento de projetos e soluções de governo eletrônico nas administrações públicas federais, estaduais e municipais, assim como divulgar as iniciativas que, com o uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação, visem a modernizar a gestão pública em benefício do cidadão brasileiro.

Setenta e seis projetos foram inscritos e destes, 20 foram escolhidos. O Teleconsulta foi o único projeto de Goiás selecionado. Ao final serão apenas nove vencedores, sendo quatro na categoria e-Administração Pública, quatro na categoria e-Serviços Públicos e o Prêmio Excelência em Governo Eletrônico. Até hoje, mais de 80 trabalhos, oriundos de quase todos Estados do Brasil, tiveram seu mérito reconhecido, por meio do prêmio ou de menções honrosas.

Para o coordenador executivo do Idtech, José Cláudio Romero, estar entre os finalistas já é um prêmio, porque representa o reconhecimento à qualidade do serviço, inaugurado em 2006. O Teleconsulta ampliou o acesso ao médico e democratizou e humanizou o agendamento de consultas básicas não-emergenciais de clínica médica, ginecologia e pediatria para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Em pouco tempo de funcionamento, mais que dobrou a média mensal de agendamentos com um incremento de menos de 14% no número de médicos em atuação na rede. As consultas são marcadas para um prazo máximo de 7 dias, com prioridade para quem precisa ou é protegido por lei. Idosos, gestantes, crianças e pacientes com sintomas considerados de risco tem prioridade. Esses atendimentos são agendados para até 24 ou 48 horas.

Com esse tratamento diferenciado, que cumpre os Estatutos do Idoso e da Criança e do Adolescente, o Teleconsulta recebeu, em 2009, Menção Honrosa no 2º Seminário Nacional de Humanização do SUS, do Ministério da Saúde. Por, junto com o Projeto Nascer Cidadão, garantir o agendamento da primeira consulta pós-parto para mães e bebês nascidos de partos realizados em maternidades públicas e conveniadas em até dez dias de nascido do bebê, o sistema de teleagendamento ficou também entre os finalistas do Prêmio ODM, do governo federal em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) em 2010. Foram 40 projetos entre 1,5 mil inscritos.

Neste mesmo ano, o Teleconsulta ainda foi o único projeto de Goiás selecionado para participar da Mostra de Tecnologias do Instituto Ethos, realizada em São Paulo, durante a Conferência Internacional do Ethos.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700