Goiânia, 22 de julho de 2017    




Notícias

(16/08/2011) Idtech participa de reunião no Condomínio Solidariedade

Membro do movimento Nós Podemos Goiás, Instituto foi representado por suas técnicas sociais. Possível desativação do condomínio é alvo de protestos

O Condomínio Solidariedade, instituição pública de assistência aos portadores de HIV/Aids inaugurada em 1995, sofre com a falta de convênios públicos há quatro anos para continuar exercendo o seu papel. Para discutir o futuro da instituição que corre o risco de ser desativada pelo Governo, membros do movimento IgualdAids convidaram diferentes segmentos da iniciativa pública e privada para uma reunião nesta terça-feira, dia 16 de agosto. O Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) por meio do Movimento Nós Podemos Goiás, participou do encontro.

A gerente de serviço social do Idtech, Sandra Costa, e a técnica social Sônia Maria Marques, representaram o Instituto. A reunião contou com a presença de cerca de 30 pessoas, sendo representantes de entidades, governo estadual, sindicato de saúde, portadores de HIV assistidos pelo Condomínio, entre outros. André Luiz Melo, voluntário do movimento IgualAids, mostrou quanto a instituição já havia feito pelos doentes de Aids e que hoje está abandonada. “Tínhamos não só o suporte terapêutico, mas também de inclusão social”, argumentou.

O gerente de articulação do Gabinete de Gestão e de Interlocução com os Movimentos Sociais do Governo de Goiás, Felippe Jorge Kopanakis, se comprometeu a apresentar um relatório da reunião e anexar uma reivindicação por escrito do movimento IgualdAids para ser entregue ao governador Marconi Perillo. Também será agendada uma audiência após a viagem de Marconi ao exterior.

A revitalização do Condomínio Solidariedade está dependendo de uma decisão política. Atualmente, a responsabilidade da instituição é da Secretaria Estadual de Saúde. Entretanto, é preciso reativar o convênio com a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) para oferecer o apoio adequado aos portadores de HIV. Outra alternativa, seria a transformação do Condomínio em uma organização não-governamental (ONG) para que recebesse recursos de diferentes convênios, mas isso também depende de uma decisão do Estado.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700