Goiânia, 21 de novembro de 2017    




Notícias

(17/08/2011) Idtech prorroga acordo coletivo que dá direito a licença-maternidade de 6 meses

Instituição foi pioneira em Goiás na concessão do benefício. Sindicato promoveu assembléia com os funcionários nesta quarta-feira, dia 17, com aprovação unânime

A concessão de licença-maternidade e licença-adoção de seis meses é uma iniciativa pioneira do Idtech em Goiás, entre as organizações privadas. A licença neste prazo não é uma obrigação trabalhista, a não ser no setor público. Nesta quarta-feira, dia 17, o Instituto reafirmou seu compromisso social e assinou acordo coletivo de trabalho que prorroga por mais dois anos o benefício, durante Assembléia Geral Extraordinária do Sindicato dos Empregados em Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional no Estado de Goiás (Senalba-GO).

A assembleia contou com a presença do coordenador executivo do Idtech, José Cláudio Romero, coordenador administrativo-financeiro, Lúcio Dias Nascimento, assessor jurídico Marcelo Matias, presidente do Senalba, José de Oliveira, e demais colaboradores do Instituto, representando todos os postos de trabalho. A prorrogação do acordo foi aprovada por unanimidade.

“O Idtech foi a primeira a assinar o acordo em Goiás. Esta foi uma sensibilidade do coordenador José Cláudio, que sempre olhou para a área social”, disse o presidente do Senalba. Segundo ele, é de extrema importância que as mães fiquem mais tempo com os filhos. José de Oliveira aproveitou para informar que, na nova sede do sindicato será construída uma creche.

O assessor jurídico Marcelo Matias destacou que a atitude do Idtech não é comum nas instituições privadas no Brasil. “Somente àquelas que dão valor aos recursos humanos percebem a necessidade em oferecer este benefício”, destacou. A previdência é responsável pelo pagamento dos quatro primeiros meses da licença. Já a prorrogação dos dois meses fica a cargo da instituição.

Desde 2009, 16 grávidas já usufruíram da licença-maternidade de seis meses. A próxima será a auxiliar de pessoal Eliane Pereira dos Santos, que vai dar luz à Ana Beatriz em outubro. “Na minha última gravidez, tive que correr para pesquisar uma boa creche. Agora vou poder aproveitar mais tempo para poder amamentar minha filha e ficar mais perto dela”, conta Eliane.
Mamãe de primeira viagem, a agente de processamento de dados Ellen Macedo também está feliz em poder ficar mais tempo com o nenê que vai nascer em fevereiro. “É importante que nos primeiros meses a mãe fique perto do filho, pois ela sabe tudo que ele está sentindo. Além de reforçar os laços afetivos”, explica.

Licença adoção
O Idtech concede também aos seus colaboradores, desde 2009, a licença-adoção. Todos os casais que adotam crianças, incluindo aqueles em união estável homoafetiva, têm direito ao benefício. O prazo desta licença é calculado de acordo com a idade da criança adotada: 180 dias, para bebês de até 1 ano de idade; 120 dias, de 1 a 4 anos e 75 dias, de 4 anos até 8 anos. O objetivo do Idtech com a concessão da licença-adoção é assegurar o tratamento igualitário de homens e mulheres e a garantia uniforme de direitos.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700