Goiânia, 27 de abril de 2017    




Notícias

(30/03/2012) Idtech realiza manutenções importantes para funcionamento pleno do HGG

Estão sendo reparados o sistema de ar condicionado central e as três autoclaves da Central de Material Esterilizado (CME). Expectativa é de aumento de cirurgias

Menos de duas semanas depois de assumir a gestão do Hospital Alberto Rassi (HGG), o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) conclui a manutenção de equipamentos fundamentais ao funcionamento pleno do hospital: o ar condicionado central e os três aparelhos de autoclave, utilizados para esterilização de roupas e instrumentais.

Dos três aparelhos de autoclave da Central de Material Esterilizado (CME), um estava parado e os outros dois funcionavam parcialmente, tendo de ser desligados por determinados períodos para evitar superaquecimento. Desde segunda-feira, dia 26 de março, todos os três estão operando normalmente e de acordo com as normas sanitárias. A manutenção incluiu testes específicos para a eficácia dos processos de esterilização, como os de indicadores biológicos, o que contribuirá para a diminuição da incidência de infecção hospitalar.

Na sexta-feira, dia 30 de março, o sistema de ar condicionado central estará operando com 100% de sua capacidade. O sistema se encontrava com os compressores travados, vazamentos nas bombas de água, fancóis parados e torres de resfriamento sujas. Por isso, apenas ventilava. Não refrigerava.

Os problemas limitavam em 50% a produção do centro-cirúrgico, que tem 13 salas, sendo duas destinadas a procedimentos específicos (hemodinâmica e litotripsia). Das 11 salas restantes, estavam em funcionamento, em média, cinco salas, que dispõem também de aparelhos de ar condicionado independentes.

Na sexta-feira passada, dia 23 de março, por exemplo, foram realizadas 22 cirurgias. Com o reparo do ar condicionado e das autoclaves, a expectativa é de aumento nesta produção e também de melhoria da qualidade dos tratamentos, considerando-se que as condições de climatização e esterilização estarão perfeitamente adequadas.

A manutenção de equipamentos e predial do hospital e o seu completo abastecimento são prioridades no momento. “São as necessidades mais urgentes, que prejudicam a produtividade da unidade hospitalar e limitam o acesso dos usuários aos tratamentos”, observa o coordenador executivo do Idtech, José Cláudio Romero. Nesta quarta-feira será iniciada a substituição de todos os vidros quebrados do prédio, uma medida simples, mas importante para resguardar o ambiente hospitalar. São 25 janelas/portas que terão seus vidros substituídos.

Mudanças de equipe
O coordenador assinala que a intenção do Idtech é aproveitar 100% da equipe lotada no HGG. Por decisão do Conselho de Administração do Idtech, neste período de transição da administração pública para o contrato de gestão, ou seja, de gestão compartilhada, todas as chefias do HGG permanecem as mesmas.

Já a direção do hospital – conforme acertado com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) – está a cargo de um Grupo Gestor. Fazem parte do referido grupo os coordenadores, consultores e técnicos do Idtech, além do último diretor-geral nomeado pela Secretaria, André Luiz Braga das Dores, e outros técnicos lotados no HGG.


Fonte: IDTECH / HGG






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700