Goiânia, 23 de junho de 2017    




Notícias

(09/04/2012) Idtech apresenta ao MP-GO balanço de gestão dos 25 dias no HGG

Dados sobre a melhorias no atendimento aos usuários e outros serão apresentados durante visita dos promotores ao hospital nesta terça-feira, dia 10 de abril

O Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) assumiu a gestão do Hospital Alberto Rassi (HGG) por meio de contrato de gestão com a Secretaria Estadual de Saúde (SES) no dia 15 de março deste ano. Nestes 25 dias de atuação, a Organização Social goiana promoveu uma série de ações emergenciais, cujos resultados positivos já podem ser observados na assistência aos usuários. Esses e outros resultados serão apresentados nesta terça-feira, dia 10 de abril, às 9 horas, aos promotores do Ministério Público de Goiás, que fazem visita ao hospital.

Entre as boas novidades estão a ampliação em mais que o dobro dos guichês de emissão dos vales-exames (de 2 para 5) e o aumento, com apoio da Secretaria Municipal de Saúde, da velocidade de conexão a internet, de 128k para 512k, o que reduziu filas e o tempo médio gasto por paciente na emissão de cada chequinho (para 4 minutos); a retomada do funcionamento do sistema de ar condicionado central, que há meses limitava pela metade (50%) a capacidade de produção do centro-cirúrgico e a recuperação da capacidade total da Central de Materiais Esterilizados. O serviço estava funcionando com menos de 40% de sua capacidade, o que prejudicava a produtividade do hospital e aumentava o risco de infecção hospitalar. Dos três equipamentos de autoclave, um estava parado e dois funcionavam parcialmente.

O abastecimento, que era um problema crônico do Hospital, está praticamente normalizado. Por meio da contratação de uma plataforma eletrônica de compras, tem sido possível tornar mais ágil a reposição de estoques do hospital com economia considerável no investimento dos recursos públicos, repassados pelo Estado. Na primeira compra efetivada pelo sistema, no dia 22 de março, em regime emergencial, foram cotados 370 itens com participação de 74 empresas de todo o Brasil. A economia foi de 17%, apesar da urgência da aquisição, que acaba restringindo o poder de negociação do comprador. O porcentual ultrapassou a média de economia verificada em processos de compra da plataforma utilizada, que é de 14% para a Região Centro-Oeste.
Para se ter uma ideia do que representa esse índice, a compra citada refere-se a itens específicos (que não refletem a necessidade total do hospital), em quantidades suficientes para uma semana apenas. Considerando o valor total da compra, a economia foi de R$ 64,2 mil. Multiplicando-se esse valor por quatro semanas e meia (o equivalente a um mês), os recursos economizados até o final do ano, ou seja, nos próximos 9 meses, deverão somar R$2,6 milhões. Um ganho representativo, mas que será muito maior, pois estão sendo e serão realizadas compras de itens de valor bem mais alto, como nutrição enteral e parenteral, instrumentais, entre outros.

O Idtech também fez o levantamento de todo quadro de colaboradores da unidade de saúde. A proposta da organização social é manter os servidores públicos efetivos em sua totalidade, compromisso que foi reafirmado, por meio de uma carta, entregue a todos os funcionários logo no primeiro dia de atuação do Instituto. Além disso, para nortear a implantação de uma política de gestão de pessoas, foi aplicada uma pesquisa de clima organizacional, que está sendo formatada e será apresentada em breve.

A estrutura do predial do HGG, que soma mais de 13 mil metros quadrados, também está recebendo seus primeiros reparos. Foram substituídos os vidros de janelas e portas, que, em alguns casos, até impediam o uso dos ambientes. O Instituto também contratou perícias especializadas em engenharia civil e elétrica, esta última para o diagnóstico do sistema e instalações elétricas, que apresentam graves problemas, inclusive de segurança.

Já está sendo elaborado o projeto arquitetônico para a reforma e ampliação da Unidade de Terapia Intensiva, que terá seus leitos duplicados, de dez para 20. Na área da tecnologia da informação, os técnicos também estão estudando os produtos disponíveis que contemplem as soluções clínicas e administrativas de forma integrada e certificada pela Sociedade Brasileira de Informática e Saúde para implantação de um modelo de hospital sem papel.


Fonte: IDTECH / HGG






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700