Goiânia, 22 de outubro de 2017    




Notícias

(09/05/2012) Maioria dos servidores gosta de trabalhar no Hospital Alberto Rassi - HGG

Pesquisa feita pelo Idtech logo nos primeiros dias do contrato de gestão revelou que apesar de todas as dificuldades, 60% dos servidores estão satisfeitos na unidade. Equipe reivindicou controle eficaz de carga horária.

Apesar das dificuldades históricas enfrentadas pelo Hospital Alberto Rassi – HGG, a maioria dos seus funcionários está satisfeito por trabalhar na unidade. O envolvimento da equipe e o seu comprometimento com o atendimento ao paciente, o estilo de gestão adotado pelas chefias imediatas e o clima de respeito e cordialidade entre os servidores são vistos pelo corpo técnico-administrativo como pontos positivos. Já a precariedade das instalações físicas, o desabastecimento, a comunicação interna geral deficitária e a ausência de treinamentos e de condições adequadas ao atendimento de portadores de necessidades especiais foram apontados como os maiores problemas. É o que apurou pesquisa de clima organizacional realizada pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) entre os dias 29 e 31 de março, logo que assumiu a gestão do hospital, com o objetivo de analisar o ambiente de trabalho da unidade. Os servidores reivindicaram um sistema de controle eficaz da carga horária de trabalho.

Responderam às questões, 365 pessoas, 30% dos 1.203 trabalhadores do hospital. A maioria (62%) tem mais de 5 anos de serviços prestados ao Hospital. Os entrevistados elogiaram a iniciativa do Idtech de abrir oportunidade aos trabalhadores de opinar, dar sugestões, fazer elogios e reclamações. Esse espaço foi inaugurado logo de imediato, no primeiro dia de gestão da Organização Social, com a distribuição de uma carta à equipe, na qual foi divulgado o e-mail falehgg@idtech.org.br, para servir de canal direto de interlocução entre a coordenação do Instituto e o corpo laboral do HGG. O acesso foi franqueado a todos os trabalhadores, do diretor e do médico aos auxiliares administrativos.

Além de um sistema que possibilite aferir com rigor o cumprimento da carga horária de trabalho, a equipe externou outras expectativas e aspirações. Apesar de aprovar o estilo adotado pelos chefes imediatos, deseja uma gestão mais participativa e democrática. Também foram considerados necessários investimentos na melhora da imagem do hospital e no fomento à prática da ética dentro da unidade de saúde, tanto por parte da instituição, quanto dos profissionais. Os trabalhadores consideram necessária a modernização da informatização do hospital, com introdução de um sistema eletrônico de senhas; criação de portarias para padronizar condutas e a criação de momentos de estudo e discussão de casos em atendimento. Outra medida sugerida foi a adequação do banheiro público para utilização dos pacientes que aguardam nas filas.

O coordenador executivo do Idtech, José Cláudio Romero, explica que o resultado da pesquisa norteará as ações do Instituto, visando o aumento da produtividade, a otimização dos processos e a melhoria da imagem do Hospital. As respostas também serão consideradas no planejamento de ações estratégicas voltadas também para um melhor relacionamento entre a equipe e da equipe com o público externo (pacientes e outros).

Algumas das sugestões feitas pelos entrevistados já estão sendo colocadas em prática. É o caso das medidas adotadas para melhorar a estrutura física e o abastecimento do hospital. Assim que assumiu a unidade, o Idtech tem trabalhado todos os dias para melhorar as condições de trabalho e atendimento dentro do HGG. Já foram reparados equipamentos fundamentais como o sistema de ar condicionado e as autoclaves da Central de Materiais Esterilizados, substituídos os vidros quebrados do prédio e esta semana estão sendo realizados mais de 250 reparos na estrutura predial, que vão desde a fiação elétrica de alta tensão à desobstrução de esgoto pluvial. Isso sem contar a contratação da plataforma eletrônica de compras, que permitiu a reposição de estoques de insumos, materiais e medicamentos.

As demais sugestões, como a implementação de mecanismos que resultem no reconhecimento do trabalho dos servidores, a implantação de canais de comunicação interna e a promoção de treinamentos e capacitações estão contemplados na proposta do Idtech para o Hospital. “Ter o gerenciamento do clima na organização é uma tarefa muito importante. Conhecendo pontos fracos, fortes e deficiências do Hospital e as expectativas e aspirações da equipe teremos instrumentos para tornar o HGG mais produtivo e imprimir maior qualidade ao atendimento dispensado aos pacientes”, assinala José Cláudio Romero.


Fonte: IDTECH / HGG








ARQUIVOS ASSOCIADOS:






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700