Goiânia, 18 de dezembro de 2017    




Notícias

(16/05/2012) Idtech lança projeto para ampliação da UTI do HGG

Organização Social também apresenta ao Governo de Goiás o balanço de gestão dos 60 dias à frente do Hospital Alberto Rassi. Aumento da produção cirúrgica e completo abastecimento de remédios e insumos são os principais resultados

O Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) apresenta nesta quarta-feira, dia 16 de maio, prestação de contas ao Governo do Estado, sobre os 60 dias de gestão do Hospital Alberto Rassi – HGG. A reunião ocorre às 8 horas no 10º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, com a participação do governador Marconi Perillo e o secretário de Estado da Saúde, Antônio Faleiros. Na oportunidade, a Organização Social lançará o projeto de ampliação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que vai dobrar o número de leitos, somando 20 vagas para este tipo de internação. As obras deverão ser concluídas em seis meses, a partir da instalação do canteiro de obras.

O Hospital Alberto Rassi terá, pela primeira vez, uma UTI compatível com a sua capacidade de produção cirúrgica. Os leitos insuficientes acabam limitando a produtividade da unidade de saúde. Com o aumento de 10 para 20 leitos, será ampliado o acesso da população às cirurgias, o que vem ao encontro do perfil da unidade de saúde, um hospital de referência em atendimento especializado eletivo (não-emergencial).

O projeto proposto pelo Idtech ultrapassa a proposta aprovada no chamamento público que definiu a Organização Social como gestora do HGG e contempla ainda a possibilidade de instalação futura de mais nove leitos. Mas, para isso, será preciso o apoio do Estado, já que a medida demanda aquisição de mobiliários e equipamentos, além da necessidade de recursos humanos.

O projeto de ampliação e reforma da UTI já foi aprovado pela Vigilância Sanitária e tão logo seja concluído o procedimento licitatório, a obra será iniciada. A previsão é de que, depois de instalado o canteiro de obras, os dez novos leitos estarão disponíveis em até seis meses. De acordo com o coordenador de Gestão Hospitalar do Idtech, Marcelo Rabahi, o projeto arquitetônico atende os princípios da eficiência e da economicidade.

“O Instituto já havia conseguido recuperar 22 leitos da enfermaria a partir de uma medida simples, a força tarefa de manutenção do hospital. Agora, dá mais um importante passo para o cumprimento de sua proposta técnica, de forma mais complexa, com todo o cuidado para não prejudicar a assistência ao paciente de terapia intensiva”, disse Marcelo Rabahi.

O coordenador explica que a nova UTI não perderá em nada para os hospitais privados. Entre as mudanças, as janelas, que são de metal e estão enferrujadas, serão trocadas por vidros temperados. Contará com box, para manter a privacidade do paciente.


Assista o passeio virtual





Fonte: IDTECH / HGG






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700