Goiânia, 18 de dezembro de 2017    




Notícias

(05/06/2012) HGG anuncia oferta de novos exames de média complexidade para a rede municipal

Anúncio será feito durante visita do secretário municipal de Saúde, Elias Rassi, ao Hospital nesta terça-feira, dia 5 de junho. Os exames serão realizados pela Fidi e custeados por meio do contrato da instituição com a SES

O secretário municipal de Saúde, Elias Rassi, visita o Hospital Alberto Rassi – HGG nesta terça-feira, dia 5 de junho, às 10 horas. A visita é a primeira que o secretário faz ao Hospital desde a transferência de sua gestão para o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech). A unidade hospitalar é referência para a rede municipal de Saúde no atendimento a pacientes que requerem internações e cirurgias especializadas eletivas, com ênfase para portadores de doenças crônicas. Durante a visita será anunciada a ampliação da oferta de exames de média complexidade para pacientes do SUS. São exames cujas vagas eram escassas ou que não tinham nenhum prestador de serviço na rede.

Os exames serão realizados pela Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem (FIDI), Organização Social (OS) responsável pela implantação da Central Remota de Laudos no Estado de Goiás. Serão custeados por meio do contrato da instituição com a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Os agendamentos já começaram, via sistema vale-exame. Durante a visita do secretário Elias Rassi serão apresentados, também, dados relativos à produção cirúrgica e taxas de ocupação do hospital desde que o Instituto assumiu a unidade hospitalar.

Será mostrado ao secretário municipal de Saúde que desde que o Idtech assumiu o HGG foram realizadas 871 cirurgias no Hospital, 17% a mais que as realizadas no mesmo período de 2011 (723 cirurgias). E ainda, que no período, houve redução de 31,5% no número de cirurgias suspensas ou canceladas, em comparação com o mesmo período do ano passado (260 em 2012 contra 178 em 2011). A taxa de ocupação no hospital também evoluiu. Em maio de 2011, era de 81,02% para os leitos de Clínica Médica e 68,41% para os de Clínica Cirúrgica. Em maio deste ano foi de 90,80% e 78,54%, respectivamente.
Houve ainda um crescimento no número global de exames realizados, de 4.071 em janeiro, para 5.139 em abril. Importante frisar em relação aos novos exames que serão ofertados, que será disponibilizada uma cota de 196 vagas ao mês de 8 tipos de exames diferentes de média complexidade. Como já foi citado, alguns desses exames, entre os quais enema opaco, para diagnóstico de lesões no intestino, e radiografia de esôfago-estômago-duodeno, sequer tinham prestadores na rede pública de Goiânia.

O coordenador de Regulação Assistencial do Idtech, Rafael Nakamura, assinala que a oferta dos exames é uma conquista para usuários do SUS. “Está sendo possível graças à mudança do modelo de gestão pelo Estado, que apostou nas parcerias com as Organizações Sociais, que fazem mais com menos.” As vagas para os exames já foram inseridas na grade pelo Departamento de Regulação, Avaliação e Controle (Drac) da Secretaria Municipal de Saúde. Para ter acesso a elas, os usuários precisarão ser encaminhados, após passar por consultas médicas. A autorização será sempre por meio de vale-exames ou chequinhos.

Veja dados em anexo:

Fonte: IDTECH / HGG








ARQUIVOS ASSOCIADOS:






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700