Goiânia, 27 de junho de 2017    




Notícias

(21/06/2012) Projeto inédito de inclusão cultural é lançado em Goiânia

A primeira edição do Plateia Social levará pessoas que nunca foram ao teatro para assistirem a peça “Dona Flor e seus dois maridos”, nesta sexta-feira, dia 22. Iniciativa é mais uma ação de responsabilidade social do Idtech

Um projeto inédito de inclusão cultural será lançado nesta sexta-feira, dia 22 de junho, em Goiânia. Trata-se do Plateia Social, uma iniciativa do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), que levará vinte pessoas que nunca tiveram a oportunidade de ir a um museu, teatro ou cinema para apreciar produções culturais. Nesta primeira edição, vinte convidados terão a oportunidade de assistir a peça “Dona Flor e seus dois maridos”, no Teatro Madre Esperança Garrido. São moradores do Residencial Jardins do Cerrado, bairro situado na região noroeste da Capital, e outras localidades que pela primeira vez viverão a emoção de uma apresentação teatral de alto nível.

O projeto Plateia Social vai contemplar somente produções culturais brasileiras. Interpretada pelos atores Fernanda Vasconcelos, Marcelo Faria e Duda Ribeiro, a obra de Jorge Amado, um dos maiores escritores brasileiros, marca com brilho a estreia do público do Plateia Social no mundo cultural. No grupo de moradores do Residencial Jardins do Cerrado, estão pessoas que sempre moraram em casas alugadas ou cedidas, que têm pouca ou nenhuma renda e já viveram décadas sem ter pelo menos a chance de pisar num teatro.

Os beneficiados pelo projeto Plateia Social receberão do Idtech, além do convite para assistir a peça teatral, um informativo sobre a obra e a biografia do escritor Jorge Amado. O texto será discutido em uma oficina cultural bem dinâmica e integrativa, durante a passagem do grupo por um restaurante, onde será oferecido um lanche. Nesta edição, a oficina ocorrerá antes do espetáculo, mas a ideia é que ela ocorra sempre após, para que os convidados conversem sobre o que viram e recebam informações adicionais sobre a obra e o autor. Todos os passeios serão fotografados e as fotos, reveladas e enviadas para cada participante, como recordação.

A iniciativa é do Idtech, mas só pode ser concretizada a partir de parcerias, como a da produtora cultural Cia Sucessos, responsável por trazer o espetáculo para Goiânia. Além do teatro, o projeto Plateia Social prevê levar grupos para cinema, galerias de arte, museus e espaços para shows musicais. “Nosso objetivo é beneficiar grupos heterogêneos, formados por pessoas de todas as idades, de baixa renda, e ou, que moram em regiões de difícil acesso, além de portadores de necessidades especiais”, explica a coordenadora do projeto, Lili Moreira.

Números do Ministério da Cultura mostram que a grave exclusão cultural no Brasil. Apenas 14% da população brasileira vai regularmente aos cinemas, 96% não frequenta museus, 93% nunca foi a uma exposição de arte, e 78% nunca assistiu a um espetáculo de dança ou teatro. “Diante dessa realidade, o Idtech parte do pressuposto que fomentar a inclusão social e cultural não é tão somente papel do Estado. O Plateia Social unirá esforços para que a arte seja uma forma de trabalhar o respeito à diversidade”, observa o coordenador executivo do Idtech e idealizador do projeto, José Cláudio Romero.

O Plateia Social é mais uma iniciativa de responsabilidade socioambiental do Idtech, organização social goiana voltada para o gerenciamento de projetos nas áreas da saúde, assistência social, meio ambiente, entre outras, além do desenvolvimento de tecnologias sustentáveis e inclusivas.

Fonte: IDTECH / HGG






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700