Goiânia, 27 de junho de 2017    




Notícias

(17/08/2012) Crianças e mães do Cevam encantam-se com espetáculo no Circo

Projeto de inclusão cultural do Idtech, Plateia Social, teve sua sexta edição no domingo, dia 12 de agosto, no Circo Lahetô, durante o Festival Palhaçada. Mais de 50 pessoas participaram

Apesar de ser uma data comemorativa, o Dia dos Pais pode ser doloroso para quem sofreu traumas dentro da família ou não tem a figura paterna para celebrar. Entretanto, neste domingo, dia 12 de agosto, cerca de 50 mães, crianças e adolescentes atendidas pelo Centro de Valorização da Mulher – Consuelo Nascer (Cevam), entidade que protege e ampara pessoas vítimas de violência doméstica, tiveram várias motivos para sorrir e se emocionar durante o espetáculo “Circo dos Amores Impossíveis”, uma das atrações do Festival Palhaçada, no Circo Lahetô.

A iniciativa em levar o grupo para uma atividade cultural foi do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), organização social que atua principalmente na área da saúde, por meio do seu projeto de inclusão Plateia Social. “Esta foi uma das edições mais emocionantes do projeto, onde tivemos pela primeira vez um público de uma entidade assistencial. Foi gratificante observar a emoção destas crianças, principalmente o sorriso espontâneo , a cada cena engraçada,disse a coordenadora do Plateia Social, Lili Moreira.

O espetáculo conta a história da bailarina que desaparece misteriosamente do circo, com muita música, acrobacias e claro, palhaçadas. Débora di Sá, que interpreta a protagonista da história, virou ídolo das meninas (a maioria entre o público do Cevam). No picadeiro, a artista dançou balé, fez acrobacias no tecido e nas argolas, cantou e tocou instrumentos, além de atuar. “Foi muito bonito o amor da bailarina com o atirador de facas, ainda mais quando eles subiram no tecido”, disse Diwari, índia de 16 anos, nascida na tribo Karajá, localizada no interior do Tocantins. Foi a primeira vez que entrou em um circo, lugar que só tinha ouvido falar nas histórias infantis.

De acordo com a presidente do Cevam, Maria Cecília Machado, desde quando foi anunciado às crianças e às mulheres que haveria o passeio no circo, todos ficaram na expectativa. “Fazia dois dias que as meninas estão se aprontando, fazendo a unha, o cabelo, para vir ao espetáculo”, disse. Era o caso da adolescente Samara, de 17 anos. “Eu ficava imaginando como iria ser. Fui uma vez, mas era uma apresentação comum e lembro muito pouco. Gostei de tudo”, disse.

A presidente do Cevam destacou a importância da inclusão cultural e social do projeto Plateia Social. “O cenário do circo envolve e traz estas pessoas para o mundo dos sonhos. Sonhos que só podem ser realizados através de parcerias, como esta”, explicou. Segundo ela, as crianças e as mães vítimas de violência precisam de momentos como o do Circo para “resgatar a alegria que ainda existe dentro de cada um”.

Segundo Maria Cecília, a experiência foi inédita para a maioria dos beneficiados. Fizeram parte do grupo crianças do projeto Castelo dos Sonhos, de 2 a 19 anos, que foram encaminhadas pelo Juizado da Infância e da Juventude, vítimas de maus tratos ou abuso sexual. A entidade abriga também o projeto Casa Abrigo 9 Luas, que atende mulheres vítimas de violência doméstica. Elas também foram convidadas e ajudaram na organização das crianças.

Os beneficiados do Projeto Plateia Social chegaram ao Circo por volta das 17 horas, quando ocorreu uma confraternização com cachorro-quente e refrigerante. Para esta edição, o Idtech contou com a parceria da Belcar Caminhões Cidadania, para a locação do ônibus e doação dos ingressos. A empresa, nacionalmente reconhecida pelo seu engajamento na responsabilidade social, é a patrocinadora do Festival Palhaçada por meio das Leis Goyazes/Governo de Goiás e apoio da Lei Municipal de Incentivo a Cultura/Prefeitura de Goiânia.

O projeto

O Projeto Plateia Social, lançado em junho de 2012 pelo Idtech, se dedica a proporcionar oportunidade de acesso à arte a pessoas que nunca foram ou não tem oportunidade de frequentar espetáculos culturais. Nas cinco primeiras edições, uma delas com direito a sessão extra, já foram beneficiadas mais de 200 pessoas. O Projeto participou das Peças Dona Flor e Seus Dois Maridos, A História de Nós Dois e Hermanoteu na Terra de Godah; do espetáculo de balé Teatro Scala de Milão e levou crianças para ver a exposição O Mundo Jurássico.


Fonte: IDTECH / HGG








GALERIA DE IMAGENS DO CONTEÚDO:

  • Crianças e mães do Cevam encantam-se com espetáculo no Circo
  • Crianças e mães do Cevam encantam-se com espetáculo no Circo
  • Crianças e mães do Cevam encantam-se com espetáculo no Circo
  • Crianças e mães do Cevam encantam-se com espetáculo no Circo
  • Crianças e mães do Cevam encantam-se com espetáculo no Circo
  • Crianças e mães do Cevam encantam-se com espetáculo no Circo





IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700