Goiânia, 23 de junho de 2017    




Notícias

(17/12/2012) Dia de inclusão digital leva diversão e conhecimento às crianças do Cevam

Projeto de responsabilidade social do Idtech teve sua 11ª edição nesta sexta-feira, dia 14 de dezembro. Vítimas de abuso, abandono ou violência doméstica descobriram o mundo da informática

O Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) realizou na última sexta-feira, dia 14 de dezembro, o Solidariedade.ponto.com, um dos projetos que fazem parte das ações de responsabilidade social da organização. Cerca de 50 crianças e adolescentes do Centro de Valorização da Mulher Consuelo Nasser (Cevam) participaram do dia de inclusão digital e descobriram os encantos do mundo da informática. Alguns nunca tinham colocado as mãos sobre um teclado ou mouse.

O Cevam dá assistência às vítimas de abuso, abandono ou violência doméstica há cerca de 30 anos. A instituição abriga crianças como a Larissa de 10 anos, filha de pais alcoólatras que perderam a guarda da criança por falta de cuidados. A menina baiana e de trancinhas coloridas brincou em um dos 15 computadores do laboratório de informática. Foi a primeira vez que estava diante de uma máquina, podendo se divertir com os jogos eletrônicos.

De sorriso fácil, mas com certa timidez, Larissa não escondia a alegria em estar vivendo um momento inédito. Um alívio para o sofrimento de uma criança que está desde o início do ano no abrigo e perdeu a mãe, vítima de atropelamento, há uma semana. “Uma das propostas do projeto Solidariedade.ponto.com é amenizar a dor, seja ela física ou emocional. Por meio da informática, conseguimos levar conhecimento, diversão e promover a inclusão digital e social”, disse a gerente de Serviço Social do Idtech, Sandra Costa.

A gerente ressalta que o projeto, que está em sua 11ª edição, já atingiu resultados extremamente satisfatórios em entidades como o Centro de Orientação e Assistência ao Encefalopata (Corae) e na pediatria do Hospital Araújo Jorge. “Cada um dos lugares que beneficiamos temos uma resposta diferente. No hospital, por exemplo, os efeitos colaterais dos remédios da quimioterapia foram menos sentidos enquanto as crianças estavam nos computadores, interagindo com jogos e as redes sociais”, disse Sandra.

Para viabilizar o projeto Solidariedade.ponto.com, a equipe da Assessoria de Tecnologia da Informação do Idtech realizou um mutirão para a criação da rede lógica, manutenção e montagem das máquinas do laboratório que já existia no Cevam. “Este legado ficará para a instituição, que poderá voltar a oferecer aulas de informática para o seu o público”, explica o assessor de Tecnologia da Informação do Instituto, Adonai Andrade.

Participaram da ação 13 profissionais de informática da sede, Hospital Alberto Rassi – HGG e Central de Informática do Paço Municipal, e quatro assistentes sociais do Idtech, além das colaboradoras do Cevam, que monitoraram as crianças e adolescentes. Com a proximidade do Natal, o Instituto ainda entregou 46 brinquedos ao abrigo, doados por seus colaboradores durante a Campanha Natal Criança Feliz, e ofereceu pipoca e algodão doce para os pequenos se divertirem enquanto aguardavam para usar os computadores.


Fonte: IDTECH / HGG








GALERIA DE IMAGENS DO CONTEÚDO:

  • Dia de inclusão digital leva diversão e conhecimento às crianças do Cevam
  • Dia de inclusão digital leva diversão e conhecimento às crianças do Cevam
  • Dia de inclusão digital leva diversão e conhecimento às crianças do Cevam
  • Dia de inclusão digital leva diversão e conhecimento às crianças do Cevam
  • Dia de inclusão digital leva diversão e conhecimento às crianças do Cevam
  • Dia de inclusão digital leva diversão e conhecimento às crianças do Cevam
  • Dia de inclusão digital leva diversão e conhecimento às crianças do Cevam
  • Dia de inclusão digital leva diversão e conhecimento às crianças do Cevam





IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700