Goiânia, 17 de agosto de 2017    




Notícias

(10/06/2013) Conselheiros locais de saúde vão realizar visita técnica à obra do ambulatório

A visita ocorrerá no dia 19 de junho, uma quarta-feira. Objetivo é conferir como está o andamento da obra, que oferecerá condições adequadas de trabalho para profissionais e de atendimento ao paciente. Hospital passará a contar com uma recepção de internação

Em reunião ordinária na manhã desta quarta-feira, dia 5 de junho, no auditório do Hospital Alberto Rassi – HGG - os conselheiros locais de saúde agendaram para o dia 19 de abril, visita técnica à obra do ambulatório. O objetivo é verificar o andamento da reforma, que foi iniciada no dia 13 de maio. Os conselheiros assistirão uma apresentação do projeto arquitetônico na sala de reuniões, às 8 horas, e depois se dirigirão ao canteiro de obras.

A visita foi proposta pela direção do Hospital e a coordenação do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), organização social gestora da unidade. O projeto foi apresentado anteriormente ao início da reforma a uma comissão nomeada pelo Conselho, na sede do Idtech. Desta vez, todos os conselheiros terão a oportunidade de conferir que melhorias serão empreendidas nas instalações.
Durante a reunião do Conselho, conselheiros representantes dos usuários e também dos servidores apresentaram queixas em relação ao funcionamento do serviço, que enfrentou graves dificuldades até o início de maio. Foram relatadas demora no atendimento, confusão na confirmação de consultas e faltas médicas, que demandaram reagendamento de consultas e mais espera por parte do usuário. Os conselheiros questionaram ainda a ausência das assistentes sociais no atendimento aos pacientes.

O diretor geral do HGG André Luiz Braga, o diretor administrativo Alessandro Purcino e o gerente do Ambulatório, Antônio Manicardi, explicaram que a maior parte das dificuldades foi sanada com medidas para viabilizar a reforma, como a criação de um terceiro turno de atendimento, das 17 às 21 horas. “Com a inclusão deste turno e o aumento na equipe dos funcionários conte comigo, que praticamente dobrou, o funcionamento está bem mais tranquilo e organizado”, disse Antônio Manicardi. “A situação melhorará ainda mais com a ativação da Central de Relacionamento com o paciente”, comentou Alessandro Purcino.

Sobre a ausência das assistentes sociais, Antônio Manicardi assinalou que elas deixaram de ser despachantes para problemas burocráticos, como remarcação de consultas e confecção de receitas, e passaram a atuar no atendimento às reais demandas da sua área. Atuam, por exemplo, nos programas, como o de Controle e Cirurgia da Obesidade (PCCO). Essas questões menores, mas não menos importantes para os usuários, estão sendo resolvidas pelos colaboradores administrativos e por uma enfermeira (caso das receitas).

Outros pontos – A confecção de crachá de identificação e o fornecimento do vale transporte para conselheiros voltaram a ser ponto de pauta da reunião. A presidente do Conselho, Stefânia Nolasco, informou que questionou o Conselho Municipal de Saúde sobre a alegação de que há impedimento legal para a concessão por parte do Idtech. “Não obtive ainda resposta sobre o assunto. Vou cobrar do Conselho e informo ainda esta semana”, comentou.


Fonte: IDTECH / HGG





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700