Goiânia, 25 de maio de 2017    




Notícias

(24/06/2013) Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes

Mega operação fechou a rua em frente ao hospital e demorou cerca de oito horas. Equipamentos foram içados a 30 metros do chão

O Hospital Alberto Rassi, o HGG, realizou neste domingo (23/6) uma megaoperação de substituição de geradores, que foram içados a 30 metros do chão, para serem posicionados numa laje. Os dois equipamentos, de cinco toneladas cada, não passam pelas portas e, por isso, tiveram a ajuda de um guindaste com braço de 62 metros.

A ação, coordenada pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), que durou cerca de oito horas, fechou a rua entre o Hospital e a Praça Abraão Rassi e atraiu curiosos, que filmavam e fotografavam o movimento e se espantaram com o tamanho do maquinário. Foram utilizados ainda dois caminhões tipo munk e uma carreta de 12 metros, para transporte de blocos de contrapeso do guindaste, que totalizaram 42 toneladas.

O Idtech, Organização Social (OS) que administra a unidade, investiu na compra dos novos equipamentos, que terão estrutura suficiente para suportar as ocasionais interrupções de fornecimento de energia pela concessionária. Eles serão capazes de atender o hospital, inclusive com o novo Centro de Terapia Intensiva, com mais leitos, que ainda será inaugurado.

De acordo com o coordenador administrativo-financeiro do Idtech, Lúcio Dias Nascimento, o processo para a aquisição dos dois novos geradores foi aberto em fevereiro. “Com este fato, tomamos providências urgentes. O fornecedor nos disponibilizou um gerador provisório, sem nenhum custo adicional, enquanto os novos equipamentos são instalados”, explicou. Com a chegada dos novos aparelhos, o problema está definitivamente sanado.

Os geradores sucateados (já nem existiam peças de reposição) servirão como parte do pagamento dos novos. Para a chegada dos novos equipamentos que têm maior potência e maior dimensão, a estrutura que vai abriga-los foi reformada. “Esses geradores vêm também para atender a ampliação no Centro de Terapia Intensiva, que terá uma capacidade quase três vezes maior do que a atual, de dez leitos. Isso implica numa quantidade também três vezes maior de equipamentos”, informa Lúcio. Os novos geradores têm capacidade de abastecer o hospital com autonomia de no mínimo 80 horas seguidas, em caso de falta de energia.

Outro problema que será sanado é o enorme barulho que os equipamentos antigos faziam quando acionados, situação incompatível com o ambiente de um hospital. “Além de mais eficientes e tecnologicamente mais avançados, os novos geradores possuem carenagens silenciadas, compostas por uma cobertura metálica revestida internamente com material fono-absorvente”, explica.

Fonte: IDTECH / HGG








GALERIA DE IMAGENS DO CONTEÚDO:

  • Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes
  • Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes
  • Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes
  • Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes
  • Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes
  • Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes
  • Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes
  • Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes
  • Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes
  • Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes
  • Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes
  • Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes
  • Substituição do grupo gerador do HGG chama atenção de visitantes e pacientes





IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700