Goiânia, 30 de maio de 2017    




Notícias

(27/08/2013) Jovens da Apae se divertem em jogos virtuais e na internet

Projeto Solidariedade.ponto.com levou quatro computadores para a Apae de Aparecida de Goiânia. Atividades de personagens da TV e vídeos musicais foram os que mais chamaram atenção

A equipe do Serviço Social e da Assessoria de Tecnologia do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) chegou à Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Aparecida de Goiânia às 8 horas de uma manhã fria de terça-feira. Eles começaram a montar, no pátio, mesas com quatro computadores enquanto na sala ao lado, uma professora treinava uma música com as crianças.

“Se você está contente, dê risada: hahaha”, cantava a professora para os alunos, que acompanhavam felizes. Logo, eles não precisariam provar que estavam contentes. O sorriso estava estampado no rosto a todo momento. Gritos de alegria, olhos atentos e palmas de euforia.

A emoção foi levada às crianças e jovens da Apae por meio do projeto Solidariedade.ponto.com, que proporciona inclusão digital a jovens e crianças de entidades goianas. Foram beneficiados 80 alunos e é a segunda vez que o projeto é levado para a instituição de Aparecida.

Uma das atividades do projeto que mais fez sucesso foram os vídeos da Galinha Pintadinha. As crianças, até mesmo aquelas com deficiência na fala, cantavam todas as letras da animação. Outros heróis da criançada, como Dora, a aventureira, Ben 10 e Bob Esponja também foram pedidos. Eles queriam ver vídeos e jogar os jogos online dos personagens.

Inclusão
Um dos garotos, muito agitado e que não parava quieto, só se acalmou depois que começou a assistir a um vídeo da dupla sertaneja João Neto e Frederico. Além dos shows dos sertanejos, fizeram sucesso os jogos de corrida, as atividades de pintura e os programas que simulavam os looks da Barbie.

“O Tiago adora o computador. É a diversão dele”, confessa a mãe, Jorcelina de Maria de Borba, que acompanha o filho na aula. Ela assistia de longe o jovem de 22 anos entretido com o jogo de corrida em que o objetivo era desviar dos obstáculos e coletar moedas pelo caminho. “Este projeto é muito importante, pois a maioria das mães é humilde e não tem computador ou acesso à internet”, afirmou o presidente da Apae, Thiago Pacheco.

Tradição

A Apae de Aparecida foi fundada em 1990. Depois de ter as atividades paralisada, elas foram retomadas só em 1994 com atendimento a 9 alunos e 12 pessoas da comunidade trabalhando voluntariamente. A prefeitura de Aparecida doou o terreno e fez a construção da escola-sede, mantida pela Apae, nos mesmos moldes das escolas municipais.

Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700