Goiânia, 27 de maio de 2017    




Notícias

(03/10/2013) HGG inicia processo para acreditação nacional

Acreditação hospitalar é uma certificação exclusiva para instituições de saúde. Segundo especialistas, o envolvimento dos colaboradores é fundamental para alcançá-la

O Hospital Alberto Rassi – HGG iniciou o processo para receber a acreditação hospitalar. Trata-se de uma certificação semelhante à ISO, mas que é conferida exclusivamente a instituições de saúde pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). Entre as vantagens da acreditação hospitalar, estão maior segurança para pacientes e profissionais, qualidade da assistência, melhor gerenciamento e melhoria contínua. O primeiro passo no processo já foi dado, com a realização do diagnóstico situacional do Hospital Alberto Rassi e a criação de um cronograma para execução das medidas iniciais.

A consultora Tatiany Nemitz, da empresa Make Sure, uma das responsáveis pela realização do diagnóstico situacional do HGG, ressalta que para atingir a certificação de excelência, é fundamental o envolvimento dos colaboradores de todos os níveis hierárquicos. “Eles são os atores principais do processo de melhoria da qualidade e segurança da assistência para a conquista da acreditação nacional”, diz Tatiany. “O maior desafio é o desenvolvimento de uma cultura de excelência e segurança, pois requer o comprometimento integral e incondicional de todos os profissionais que atuam no hospital”, acrescenta a consultora.

Existem três níveis de acreditação. Para conquistar o primeiro, devem ser necessários seis meses de trabalho intenso. Com isso, o Hospital Alberto Rassi – HGG poderá ser o primeiro hospital público a conquistar esse reconhecimento no Estado. Tatiane Lemes, gerente de Apoio Técnico do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), explica que o diagnóstico situacional feito pela Make Sure apontou as adequações que devem ser feitas em todos os setores do hospital para a busca da acreditação. “Agora, será estabelecido um cronograma para que essas alterações sejam feitas”, informa Tatiane. A próxima visita de consultores será na primeira quinzena de outubro, já para acompanhar o início da execução das mudanças.

Para a consultora Tatiany Nemitz, a acreditação traz crescimento, aprendizado e agrega valor à instituição. “Com isso, há mudança na maturidade institucional e a necessidade de melhorias contínuas passa a fazer parte do dia a dia” diz ela. “A segurança proativa no cuidado ao paciente é fortalecida e torna-se ética. Depois que se colhe esses resultados extraordinários, nenhuma organização quer retroceder”.

[i]Veja os principais trechos da entrevista concedida pela consultora Tatiany Nemitz ao Idtech.[/i]

O que significa o trabalho da Make Sure para o alcance da acreditação do Hospital Alberto Rassi?

A Make Sure tem o importante papel de facilitar o processo de educação e preparação para a acreditação nacional do Hospital Alberto Rassi. Neste sentido, a consultoria norteará a instituição para o atendimento aos padrões e requisitos do Manual Brasileiro de Acreditação, otimizando processos, adotando métodos de trabalho e medição de resultados, alinhando as ações com a visão da empresa e implantando possíveis revisões na estrutura.

Consiste em quantas fases este processo de preparação para acreditação?

São duas fases: a primeira, o diagnóstico organizacional, que já foi realizada. A segunda trata-se de uma série de visitas técnicas para planejar e implementar as ações de melhoria, desenvolver a liderança e analisar os impactos sobre os resultados atuais e futuros.

Qual é o papel dos colaboradores neste processo?

Os colaboradores de todos os níveis hierárquicos são os atores principais do processo de melhoria da qualidade e segurança da assistência para a conquista da acreditação nacional. Basicamente, a Instituição deve disponibilizar informações e recursos, engajar e comprometer a liderança, analisar criticamente as soluções e resultados e cumprir os prazos acordados e atividades propostas.

Qual é o período para a preparação para a acreditação?

Para a certificação em Nível 1, estimamos seis meses de dedicação e trabalho conjunto com todos do Hospital, com o objetivo principal de consolidar o conceito de qualidade e segurança na instituição.

Qual é o maior desafio nesta primeira fase?

O maior desafio é o desenvolvimento de uma cultura de excelência e segurança, pois requer o comprometimento integral e incondicional de todos os profissionais que atuam no Hospital, sejam da área assistencial ou de apoio.

A acreditação ocorre de qual maneira? Solicitamos uma visita da ONA ou é aberto um processo?

É importante destacar que a acreditação nacional é um sistema de avaliação e certificação da qualidade de serviços de saúde, voluntário, periódico e reservado. O Sistema Brasileiro de Acreditação (SBA) prevê que o processo de avaliação para certificação é de responsabilidade das Instituições Acreditadoras Credenciadas (IAC) pela ONA, cuja atividade é desempenhada pela equipe de avaliadores. O processo tem como referência as Normas do Sistema Brasileiro de Acreditação e o Manual Brasileiro de Acreditação - ONA específico.

Cada organização, serviço ou programa da saúde, que tem interesse em melhorar seus processos e oferecer resultados excepcionais, deve manifestar seu interesse pela avaliação, diretamente a uma das IAC. No site da ONA estão disponíveis todas as informações necessárias para iniciar este processo.

Existe algum hospital público com essa acreditação em Goiás? E no Brasil, são quantos públicos?

Atualmente, em todo o país há pouco mais de 360 certificações concedidas pela ONA. Em Goiás, apenas dois hospitais estão certificados: Hospital Santa Genoveva e Hospital Unique. O Hospital Alberto Rassi poderá ser o primeiro hospital público a conquistar esse reconhecimento no Estado.

Quais são os níveis de acreditação?

São três níveis distintos de complexidade crescente e com princípios orientadores específicos:
Nível 1 (Acreditado) - Segurança,
Nível 2 (acreditado Pleno) - Gestão Integrada, e
Nível 3 (Acreditado com Excelência) - Excelência em Gestão.
Para cada nível são definidos requisitos com o objetivo de esclarecer o padrão, baseado na premissa do “tudo ou nada”, ou seja, quando uma instituição de saúde cumpre integralmente com os requisitos dos níveis 1, 2 e 3 ela é qualificada na condição de Acreditada com Excelência.

Vocês afirmaram que esse trabalho em função da qualidade é um caminho sem volta.

O processo de acreditação traz crescimento, aprendizado e agrega valor à instituição. Com isso, há mudança na maturidade institucional e a necessidade de melhorias contínuas passa a fazer parte do dia a dia. A segurança proativa no cuidado ao paciente é fortalecida e torna-se mais ética. Depois que se colhe esses resultados extraordinários, nenhuma organização que retorcer.

Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700