Goiânia, 30 de abril de 2017    




Notícias

(09/10/2013) HGG vai ganhar seis novos elevadores

Equipamentos foram adquiridos pelo Idtech ao custo de mais de R$ 830 mil e serão fundamentais para o melhor funcionamento da unidade e para a acessibilidade

O Hospital Alberto Rassi - HGG vai ganhar seis novos elevadores, que serão instalados em três áreas estratégicas da unidade hospitalar. Quando estiverem em funcionamento, em janeiro de 2014, eles resolverão um problema crônico, que causa transtornos e dificuldades para pacientes, acompanhantes e colaboradores do HGG. Atualmente, além dos quatro elevadores para transporte de carga, há apenas dois elevadores sociais em funcionamento no hospital, ambos na entrada principal. O Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), organização social contratada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) para administrar o HGG, investiu nos elevadores R$ 875.860,00, dos quais mais de R$ 830 mil para a aquisição dos novos equipamentos. Também foram realizados reparos para reforma e modernização de quatro elevadores de carga.

Dois dos novos elevadores sociais serão instalados no bloco G do hospital. Eles vão substituir equipamentos antigos, que estão parados há mais de seis anos. O diretor-geral do HGG, André Luiz Braga, explica que durante esse período a SES ficou sem contrato com o fornecedor, que não tinha interesse em prestar o serviço. A consequência disso, além de os equipamentos ficarem parados, foi a retirada de peças para manutenção de outras máquinas. "Eles foram sucateados, ao longo dos anos, e ficaram só as carcaças", conta Braga.

Além de representar uma opção importante para circulação de usuários, acompanhantes e colaboradores, eles significam uma conquista em acessibilidade. Pela primeira vez, o acesso ao quinto andar será feito por elevador. Atualmente, ele só é alcançado por escadas. Fica nesse andar toda a parte de ensino e pesquisa, incluindo a biblioteca e o auditório do HGG. Futuramente, também deverá funcionar uma área de convivência e estudos. Esse local nunca foi atendido por elevadores e, além da aquisição do maquinário, haverá investimento também em engenharia, para permitir a instalação dos equipamentos e reforma do hall de acesso aos elevadores em todos os seis pavimentos.

Outros dois elevadores serão instalados para atender a recepção dos ambulatórios e o setor de internação de pacientes, em um local de grande demanda por parte de pacientes que são internados e os que realizam consultas ambulatoriais. Os outros dois elevadores ficarão na portaria principal e substituirão os atuais que, embora sejam mantidos em funcionamento graças à manutenção constante, serão substituídos por novos, mais modernos.

O coordenador administrativo e financeiro do Idtech, Lúcio Dias, explica que os novos equipamentos serão instalados por áreas, gradualmente, de modo que o atendimento no hospital não seja prejudicado. Ele observa que eles foram comprados em julho, mas, como são feitos sob medida para o hospital, o fornecedor precisou do prazo de seis meses para entrega e instalação. "Todos são próprios para transportar visitantes, pacientes e colaboradores e têm capacidade também para macas", relata. "Essa aquisição será fundamental para melhorar o ambiente para servidores e usuários", completa Lúcio Dias.

Carga
Para o pleno funcionamento do Hospital Alberto Rassi, os quatro elevadores de monta carga da unidade passaram por serviços de reforma e modernização. Dois deles funcionam do térreo ao quarto andar. Um leva alimentos para a cozinha e o refeitório do HGG, onde eles são processados para o preparo das refeições. Outro dá acesso à lavanderia. Lúcio Dias observa que ele desce com toda a roupa suja, passando pela área externa, sem que ela passe pelo interior do hospital. Outros dois elevadores de monta carga transitam entre o segundo andar, onde ficam os centros cirúrgicos, e o terceiro, onde está a Central de Material Esterilizado (CME). O primeiro sobe com os instrumentais cirúrgicos usados e o segundo desce com eles já limpos, prontos para esterilização.

"São cuidados fundamentais para barrar a infecção hospitalar", define Dias. Ele relata que quando o Idtech assumiu a administração do HGG, há pouco mais de um ano e meio, alguns desses elevadores de monta carga não funcionavam e outros tinham funcionamento precário. "De maneira geral, os elevadores do HGG, tanto os sociais como os de carga, nunca funcionaram de forma adequada, o que será corrigido definitivamente com essas aquisições e com o trabalho de reforma e modernização realizado", diz.

Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700