Goiânia, 23 de abril de 2017    




Notícias

(16/10/2013) CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar

Governador Marconi Perillo destacou novo conceito em atendimento aos pacientes do SUS e disse que novo CTI não perde em nada para os melhores hospitais privados do Brasil

O novo Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Alberto Rassi – HGG foi inaugurado nesta quarta-feira, 16 de outubro, e já entrou em funcionamento, recebendo pacientes que estavam na antiga UTI da unidade hospitalar. Com 29 leitos, o CTI foi construído e equipado com aparelhos dotados da mais moderna tecnologia, ao custo de R$ 3,8 milhões, recursos previstos para dez leitos. Além da economia, o governador Marconi Perillo destacou, durante a inauguração, o nível de excelência do novo serviço. “Esse CTI não perde para nenhum do Brasil”, afirmou o governador, acrescentando que conhece os CTIs dos hospitais privados Albert Einstein e Sírio-Libanês, ambos em São Paulo, que são referência para tratamentos de alta complexidade. “Temos aqui o que há de mais moderno e seguro para salvar vidas em Goiânia e no nosso Estado”, atestou.

O governador ressaltou o CTI do HGG é “a prova inequívoca” do acerto da opção feita pelo governo pelas organizações sociais (OSs) para administrar os hospitais do Estado, por meio de contratos de gestão. O Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) assumiu a gestão do HGG em março de 2012. Marconi fez questão de cumprimentar os colaboradores e a direção do Idtech. “Vocês estão de parabéns por cumprir o compromisso contratual de revolucionar o HGG”, afirmou o governador. “Hoje estamos apresentando à sociedade um novo hospital, moderno, eficiente e que presta um serviço de qualidade não só à população pobre, mas a todos que necessitarem desse atendimento”.

Marconi lembrou que estava consciente dos riscos que envolviam a opção de transferir para OSs a gestão de hospitais públicos. “Sabíamos que corríamos riscos e eles existem. Nem todos são perfeitos, mas todos têm de obedecer aos contratos de gestão”. Ele observou que a fiscalização é rigorosa e revelou que faz questão de ler todos os relatórios de gestão. “Apostamos nessa tese, nessa ideia, nesse conceito que está transformando a saúde estadual”, destacou. O governador fez ainda um pedido especial à diretoria do Idtech: “Nunca deixem de ter como principal referência esse hospital, que pela primeira vez vai funcionar como foi preconizado um dia por seu idealizador (o médico Alberto Rassi), num padrão de excelência que todos queremos”. Irmão de Alberto Rassi, o também médico Luiz Rassi participou da cerimônia de inauguração do CTI.

O secretário estadual de Saúde, Antonio Faleiros, disse que o CTI do HGG deve ser motivo de orgulho para todos. “Não há no Brasil Central nenhuma estrutura com esse padrão. Melhor que esse CTI não existe no Brasil. É top de linha em equipamentos e também será nas equipes que vão atuar nele”. O secretário também destacou o avanço na oferta de leitos de terapia intensiva no Estado nos últimos três anos. Em janeiro de 2011, lembrou Faleiros, havia 420 leitos de UTI contratados. Hoje, são quase 800. “A não ser que haja algum fato extraordinário que gere grande demanda, não teremos falta de leito de UTI no Estado”.

Chefe do Ministério Público (MP) estadual, o procurador-geral de Justiça do Estado, Lauro Machado Nogueira, foi convidado pessoalmente pelo governador para a inauguração. Ele observou que o MP vem acompanhando de perto os contratos firmados pelo Estado com as OSs para gestão dos hospitais públicos e fez um contraponto entre o bom e o mau uso do dinheiro público. Lauro citou como exemplo de mau uso do dinheiro público a Operação Tarja Preta, desencadeada pelo MP na terça-feira, e que levou para a prisão 11 prefeitos, um ex-prefeito, secretários de saúde e empresários por desvios na compra de medicamentos. “Aqui temos um caso de bom uso do dinheiro público, com o Estado cumprindo seu papel no compromisso com a qualidade do atendimento, concretizado com a entrega desse CTI humanizado, o que é um ganho para a população”, afirmou o procurador. “O Ministério Público fiscaliza e reconhece as melhorias. Para o MP, esse avanço que vemos aqui é também uma conquista”.

Diretor de Ensino e Pesquisa do HGG e responsável técnico pelo CTI, o médico Marcelo Rabahi disse que todos os envolvidos na implantação do CTI viveram um momento histórico. “Essa é uma luta de todos. Com a administração dos recursos públicos de forma responsável, temos os resultados”. Rabahi contou que ao longo de quase 25 anos de carreira, atuando em unidades de terapia intensiva, acalentou um sonho, que agora teve a oportunidade de realizar. “Estamos vendo a concretização de um CTI pautado na excelência dos equipamentos, sem esquecer da humanização”, ressaltou. Rabahi acrescentou ainda que de nada adiantaria tanto cuidado com a parte estrutural se não houvesse uma equipe comprometida com a que atua no HGG.

Demonstração
Também participaram da inauguração do CTI do HGG o vice-governador, José Eliton, o presidente do Conselho de Excelência do HGG, Nion Albernaz, vereadores de Goiânia, superintendentes da Secretaria de Saúde e colaboradores do HGG. Depois do descerramento da placa, o governador conheceu todas as acomodações do CTI. O responsável técnico, Marcelo Rabahi, mostrou o funcionamento das camas, que permitem várias posições e são importantes e não apenas para o conforto do paciente, mas também para o tratamento. Um dos botões laterais, por exemplo, aciona os procedimentos para reanimação do doente. “É tudo de primeira classe”, elogiou Marconi. Ele conheceu ainda os monitores, os leitos para isolamento, o funcionamento dos aparelhos e assistiu a uma demonstração de atendimento em um leito.

Fonte: IDTECH








GALERIA DE IMAGENS DO CONTEÚDO:

  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar
  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar
  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar
  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar
  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar
  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar
  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar
  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar
  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar
  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar
  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar
  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar
  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar
  • CTI do HGG é inaugurado e já começa a funcionar





IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700