Goiânia, 12 de dezembro de 2017    




Notícias

(30/10/2013) HGG dá início a mutirão de cirurgias de mamas gigantes

Procedimentos contemplarão 13 pacientes, algumas delas aguardando há até três anos devido à demanda por esse tipo de serviço

O Hospital Alberto Rassi – HGG deu início nesta terça-feira, 29 de outubro, ao mutirão de cirurgias plásticas, que nesta edição contempla novamente pacientes com mamas gigantes – acima de 1,5 quilo cada – e que têm indicação cirúrgica. Atualmente, há 357 pacientes aguardando por esse tipo de procedimento, de um total de 762 que estão na fila por cirurgias plásticas. Esta é a quinta edição do mutirão, que faz parte da Ação Sua Vez, promovida pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) e secretarias de Saúde do Estado e de Goiânia.

O chefe da Seção de Cirurgia Plástica do HGG, Wander Alves Mendes, explica que durante os mutirões a programação do ambulatório de cirurgia plástica é reduzida e dobra a carga do centro cirúrgico. “O objetivo é reduzir a fila de espera de pacientes, porque a demanda é muito acentuada”, justifica. Ele acrescenta que o objetivo é tornar a prática de realização de mutirões constante. Na próxima edição, serão realizadas reconstruções de mamas de pacientes que tiveram câncer e precisaram fazer mastectomia total ou parcial.

As pacientes que estão sendo operadas estão aguardando há até três anos. Todas primeiro passaram pela rede básica e foram referenciadas para o HGG. Wander ressalta as dificuldades que problemas como mamas gigantes causam nas pacientes. “Muitas têm dificuldade para trabalhar e até na vida social e afetiva, além dos relatos frequentes de dores na coluna”. Todas as cirurgias são acompanhadas por médicos residentes, já que o HGG também é um hospital-escola.

A dona de casa Rosilda Pereira da silva, de 47 anos, conhece de perto as dificuldades apontadas pelo cirurgião plástico. Ela relata que tem dificuldades para comprar roupas, especialmente sutiãs. Ela ficou emocionada quando recebeu a ligação da equipe do HGG comunicando que a cirurgia havia sido marcada. “O que eu pensei é que minhas dores chegarão ao fim”, relatou.

Iniciado em maio e realizado sempre na última semana do mês, o mutirão de cirurgias plásticas do HGG já beneficiou idosos com diminuição da visão por excesso de pele nas pálpebras, crianças e jovens com orelhas proeminentes e ex-obesos com excedente de pele. As duas últimas edições foram dedicadas às mulheres com mamas gigantes. A expectativa da coordenação do serviço é de que as forças-tarefas resultem em um aumento de 75% no número de atendimentos realizados.

Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700