Jardim do Cerrado fica maravilhado com espetáculo de dança



Os 42 moradores foram ao Teatro Goiânia conferir o espetáculo “No Singular”, da Quasar Cia. De Dança

Os moradores do Jardim do Cerrado fizeram nesta terça-feira, 19 de novembro, uma programação diferente, até mesmo para os padrões do projeto Plateia Social, ao qual já estão familiarizados. Os 47 moradores embarcaram em um ônibus fretado pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), com destino ao Teatro Goiânia, hoje situado na novíssima Vila cultural, no centro de Goiânia. A Belcar Caminhões e Ônibus também contribuiu para esta edição do projeto, doando ingressos.

A programação da noite era o espetáculo “No singular”, da Quasar Cia. De Dança. A peça faz alusão ao excesso e à velocidade das informações no mundo contemporâneo. Apesar de ser um espetáculo de dança contemporânea, ele também tem momentos de descontração e o riso da plateia rolou solto em alguns momentos, em especial num segmento que faz paródia do culto ao corpo.

A comerciante Marlene Santana foi uma das pessoas que saiu do espetáculo maravilhadas. “Foi tudo muito lindo. Gostei bastante. Ficamos pensando o quanto não perdemos de toda essa cultura que existe na cidade por conta da distância e da dificuldade de locomoção”, opina. Levar a cultura a quem não tem fácil acesso é o principal objetivo do Plateia Social.

Dentre os personagens que se destacam na participação do projeto está José Ferreira Gonçalves, que é cadeirante, mas faz questão de participar sempre que é convidado. Nem mesmo a dificuldade para subir e descer do ônibus abala a vontade dele em ter mais acesso à cultura. Além disso, os colegas e a equipe do Idtech fazem questão de ajudá-lo a superar os obstáculos.



Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS