Goiânia, 18 de dezembro de 2017    




Notícias

(02/12/2013) Rock nacional embala Sarau do HGG

Apresentação de Chico Marx trouxe sucessos dos anos 80 e 90, mas também foi bastante eclética, misturando forró e gospel

Apesar de levar música toda quinta-feira para o Hospital Alberto Rassi – HGG, o projeto Sarau do HGG sempre surpreende pacientes e colaboradores. A cada semana, um músico diferente brinda a plateia com seu próprio repertório, e isso garante a diversidade das atrações. Nesta quinta-feira, 29 de novembro, Chico Marx levou seu violão e desfilou os principais sucessos do rock nacional dos anos 80 e 90.

Sucessos de Cazuza, Legião Urbana, Kid Abelha, Barão Vermelho, Titãs, Skank, Jota Quest e Lulu Santos desfilaram pelo hospital. Raul Seixas foi sucesso à parte. Alguns pacientes, como Divino Gomes, chegaram a levantar da cama e dançar. Outros cantaram junto, como Antonio Marcos Dias, de Caldas Novas, que gravou um disco de bolero com 12 músicas e vendeu 500 cópias. Ele disse que depois que sair do HGG vai voltar a cantar. Já Arlete de Fátima Ribeiro ganhou um parabéns ritmado no violão.

O refrão de “Pra dizer adeus”, dos Titãs, foi um dos que foi cantado mais alto. “É cedo ou tarde demais, pra dizer adeus, pra dizer jamais” foi cantado a plenos pulmões. Assim como “É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã. Porque se você parar pra pensar, na verdade não há”, do hit “Pais e Filhos”, da Legião Urbana foi outro destaque.

Os sucessos de Roberto Carlos chamaram a atenção dos fãs. “É preciso saber viver” foi o hino de alguns pacientes, que também curtiram “As curvas da estrada de Santos”. “Detalhes” foi unanimidade do gosto. José Ramalho e Alceu Valença também estavam no repertório. Mas a música que mais foi pedida, em todas as alas, foi “Como Zaqueu”, de Régis Danese, que emocionou, levou as mãos ao alto, ao coração e os olhos às lágrimas.

Bastou as primeiras notas do hino religioso para Marta Regina Pereira de Brito e Albertina Maria de Sousa descerem correndo, de mãos dadas, do quarto para o terceiro andar. Neste momento não havia dor, não havia doença. Elas até acompanharam o músico pelos outros quartos.

O Sarau do HGG é um projeto iniciado em agosto de 2013 e levou desde então semanalmente uma atração musical para os pacientes. Violonistas, violinistas, saxofonistas, pianistas, flautistas e cantores passaram pelo hall e clínicas médica e cirúrgica do hospital. Nas últimas edições, os músicos também foram tocar no Centro de Terapia Intensiva (CTI).

Fonte: IDTECH








GALERIA DE IMAGENS DO CONTEÚDO:

  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG
  • Rock nacional embala Sarau do HGG





IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700